Últimas

Internado há 1 mês com covid-19, Paulo Gustavo tem sinais de melhora

Foi divulgado um novo boletim médico sobre o quadro de saúde de Paulo Gustavo, que completou mais de um mês de internação no Copa Star, em Copacabana. No comunicado, os médicos revelam que o estado do ator ainda é grave, mas que ele segue apresentando melhora.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“Felizmente, não surgiram novas complicações nos últimos quatro dias. O quadro clínico do paciente, embora ainda preocupante, é de estabilidade, com alguns sinais mais evidentes de recuperação das funções pulmonares. Também verificamos boa responsividade aos pequenos estímulos“, diz um trecho do boletim.

Ainda de acordo com o comunicado, os médicos estão confiantes na recuperação do humorista, mas ainda há “um caminho pela frente”.

A diretora Susana Garcia, e grande amiga de Paulo, postou uma homenagem ao ator em suas redes sociais. Ela conta que durante uma ‘conversa’ com o ator, em sua última visita, ele deu sinais de reação.

“Ontem [domingo] foi um dia muito especial com você. Assim que cheguei, comecei conversando com você e vi na hora que aumentou a sua frequência cardíaca e a respiratória. Te perguntei se você estava me ouvindo e pedi pra você mexer a sua cabeça. Você mexeu duas vezes e tentou abrir a boca. Fiquei de mão dada com você e pedi pra você apertar a minha mão e você apertou fraquinho. Naquele momento, eu percebi que você estava conectado comigo e me ouvindo“, escreveu a diretora. Confira:

Íntegra do boletim médico de Paulo Gustavo

“Felizmente, não surgiram novas complicações nos últimos quatro dias. O quadro clínico do paciente, embora ainda preocupante, é de estabilidade, com alguns sinais mais evidentes de recuperação das funções pulmonares.

Também verificamos boa responsividade aos pequenos estímulos. Ainda há necessidade de mantermos a ECMO, assim como a ventilação mecânica.

A família do ator agradece todo o carinho e orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus.”

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.