Últimas

Pacientes são transferidos às pressas após vandalismo em UPA de covid no Guarujá

SOROCABA - Pacientes com covid-19 tiveram de ser transferidos às pressas, depois que vândalos destruíram parte da rede de oxigênio de uma unidade pré-hospitalar, nesta quinta-feira, 8, em Guarujá, no litoral do Estado de São Paulo. De acordo com a prefeitura, o vandalismo afetou o sistema de oxigênio que abastece respiradores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Rodoviária. “O ato colocou em risco de morte os 18 pacientes que estavam internados no local”, informou o município em rede social.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO


Conforme a prefeitura, a equipe técnica da unidade se mobilizou rapidamente para fazer a transferência de parte de pacientes para outras unidades. “De forma emergencial, foram usados cilindros de oxigênio para garantir a assistência respiratória necessária a todos”, informou. Uma equipe técnica foi ao local para realizar os reparos. No fim da tarde, a estrutura tinha sido consertada e eram realizados testes para uma possível readmissão dos pacientes transferidos.© PMG/Divulgação Ação de vândalos colocou em risco de morte 18 pacientes com covid na UPA Rodoviária, em Guarujá

A Guarda Civil Municipal foi acionada e realizou diligências, mas não conseguiu localizar os autores do vandalismo. Representantes da prefeitura registraram a ocorrência na Polícia Civil. Uma perícia foi feita no local avariado. Inicialmente, foi apontada possível tentativa de furto da tubulação metálica. Imagens de câmeras instaladas na região serão requisitadas para auxiliar na investigação. Localizada no Distrito de Vicente de Carvalho, a UPA Rodoviária é referência para o tratamento e internação de pacientes com a covid-19.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.