Últimas

Polícia Civil do Amazonas cumpre mandado de prisão por roubo majorado e prende homem por receptação

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), deflagrou ações policiais, na tarde de segunda-feira (26/04), que culminaram no cumprimento de um mandado de prisão temporária em nome de Marcelo Kayllo Braga de Araújo, de 19 anos, pelo crime de roubo majorado, e na prisão em flagrante de Luciano Pérez Iwashita, 49, pelo crime de receptação.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da Especializada, as diligências em torno da primeira ação policial iniciaram após a expedição do mandado de prisão em nome de Marcelo, pelo juiz Eliezer Fernandes Júnior, da Central de Plantão Criminal.

“Em diligências, efetuamos a prisão de Marcelo no bairro Cidade Nova, zona norte, por suposto envolvimento no roubo de uma motocicleta. O fato ocorreu no dia 25 de fevereiro deste ano, tendo sido o veículo encontrado com sinais de adulteração e na posse do indivíduo”, disse o delegado.

Segundo a autoridade policial, durante a segunda ação, Luciano foi preso pelo crime de receptação, no bairro Cidade de Deus, zona norte. O homem foi encontrado na posse de um veículo da marca Chevrolet, modelo Onix, furtado na última sexta-feira (23/04), naquele mesmo bairro.

Procedimentos – Marcelo foi preso em razão do cumprimento do mandado de prisão temporária e irá responder pelo crime de roubo majorado. Após o término dos procedimentos cabíveis na Especializada, ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Luciano foi preso em flagrante pelo crime de receptação. Na Especializada, foi arbitrada a ele fiança no valor de R$ 2,2 mil, e será liberado posteriormente para responder ao processo em liberdade, caso pague o valor determinado.

Disque-denúncia - Quem tiver informações sobre roubos e furtos de veículos, pode entrar em contato pelo número (92) 99962-2442, o disque-denúncia da DERFV, ou pelo 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu a autoridade policial.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.