Últimas

Prefeitura de Manaus intensifica os trabalhos de infraestrutura na zona Sul da capital

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), realiza nesta segunda-feira, 19/4, na zona Sul da cidade, diversos serviços de infraestrutura básica como drenagens profunda e superficial e tapa-buracos.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A rua Virgílio Barros, no bairro Petrópolis, que estava intrafegável, é contemplada com o tapa-buracos em quase 600 metros de extensão. Nesta primeira etapa do serviço, a equipe realiza o requadro (corte feito sob medida no asfalto preparando o solo), na sequência a massa asfáltica é aplicada restaurando o pavimento.

As obras no local eram bastante aguardadas pelos moradores, que sempre reclamavam da dificuldade de transitar na via, principalmente com crianças e idosos.

“Aqui na nossa rua era difícil passar e, por conta dos buracos, em dias de chuva se formavam várias poças d'água no meio da via, impedindo a passagem de carros e de pessoas. Com certeza todos nós estamos muito felizes com a colocação de asfalto para que a gente possa transitar com dignidade, sem correr perigo”, afirmou José Duarte, morador do local há mais de 10 anos.

No Japiim 2, também na zona Sul, a Seminf iniciou os serviços de tapa-buracos na rua A-09. Nessa via, a prefeitura recuperou 115 metros de extensão, que também estavam intrafegáveis. O serviço na via foi concluído no mesmo dia.

“Nós aproveitamos o dia de sol para acelerar as obras de tapa-buracos aqui na rua A-09. Era um pedido feito pelos moradores, que a Prefeitura de Manaus, na nova gestão, atendeu de imediato. A determinação do prefeito David Almeida e do vice-prefeito e secretário de Infraestrutura, Marcos Rotta, é sempre ouvir e atender a população da nossa cidade”, afirmou o engenheiro Hudson Smith.

Drenagem profunda

Ainda na zona Sul, o beco Tiradentes, na Japiinlândia, está em fase de acabamento com uma obra de recuperação com a troca de 100 metros de extensão de nova tubulação e a confecção de caixas coletoras, que darão a vazão correta às águas das chuvas, na região próxima à feira coberta.

O problema é devido a construção irregular de dez imóveis por cima da antiga rede de drenagem e com o tempo estavam em risco de desabar com a formação de uma cratera com mais de 30 metros de profundidade. As equipes da Seminf fazem um desvio da rede de drenagem na área.

A antiga rede foi anulada para que se pudesse fazer a instalação da nova e, assim, evitar o perigo de desabamento. O trabalho está sendo feito em conjunto com a Defesa Civil do município, que foi até o beco Tiradentes para regularizar a situação dos moradores.

“Aqui nós colocamos 60 novas manilhas em concreto armado de um metro cada, para tornar mais eficiente a vazão da água e evitar definitivamente as alagações na área. O local já vai receber recapeamento asfáltico em todo o trecho da via, para ser entregue à população com segurança”, afirmou o engenheiro Hudson Smith.

Na rua A-02 com A-03, no Japiim 2, a Seminf também realiza obras de recuperação de drenagem profunda para garantir o escoamento das águas e evitar transtornos aos moradores, principalmente em dias de chuva.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.