Últimas

Rachel Sheherazade acusa Silvio Santos de assédio em processo milionário

Rachel Sheherazade está processando o SBT por direitos trabalhistas e danos morais. A ação milionária pode chegar a R$ 30 milhões.


De acordo com o Notícias da TV, a jornalista - que foi demitida em agosto do ano passado - alega nunca ter recebido direito trabalhista como férias remuneradas e 13º salário. Rachel também acusa Silvio Santos de assédio moral e humilhação em rede nacional.

Sheherazade também alega que foi alvo de censura e boicote por parte da chefia do jornalismo.

Segundo a publicação, no processo os advogados de Rachel detalham situações constrangedoras que passou na emissora e citam a fala do apresentador durante o Trófeu Imprensa em 2017. “Eu te chamei para você continuar com a sua beleza, com a sua voz, foi para ler as notícias, e não dar a sua opinião. Se quiser falar sobre política, compre uma estação de TV e faça por sua própria conta”, disse Silvio na ocasião.

Email e conversas de WhatsApp também foram anexadas na ação, que mostra que ela começou no canal em 2011 recebendo R$ 30 mil mais um bônus de R$ 7 mil para custo com moradia e o valor subiu para R$ 214 mil, como mostra as notas fiscais.

A defesa alega que a “pejotização” foi imposta pelo SBT para fraudar a legislação trabalhista, previdenciária e fiscal, já que ela não tinha carteira assinada. “Procedimento ilegítimo que o SBT utiliza com a maioria de seu corpo de Jornalismo e apresentadores", diz o advogado André Gustavo Souza Froez de Aguilar na ação.

Segundo os cálculos, somente de 13º salário que Sheherazade não recebeu ao longo dos anos soma-se R$ 1,4 milhão.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.