Últimas

Seara demite funcionário que fez comentário racista em rede social de João Luiz

Veio a público nesta quinta-feira, 8, que a Seara, empresa do ramo de alimentos, demitiu um funcionário que fez comentários racistas no perfil no Instagram de João Luiz Pedrosa, participante do “BBB 21”. De acordo com a colunista Monica Bergamo, o ex-empregado entrou na onda de comentários preconceituosos a respeito do cabelo do integrante do programa.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A empresa postou uma nota em suas redes sociais na qual fala não compactuar com discriminação e preconceito. A companhia ainda ressalta que pretende impulsionar “transformação cultural” no ambiente de trabalho, com intuito de ir no caminho de uma socidade mais inclusiva. No mais, não foi dado detalhes sobre o processo de desligamento do funcionário racista.

Na última semana, o cantor Rodolffo, eliminado do programa nesta semana, fez uma comparação do cabelo de João, estilo black power, com uma peruca de homem das cavernas que ele estava utilizando como “monstro” da semana.

De acordo com especialistas em mercado de trabalho, a postura dos usuários nas redes sociais pode impactar diretamente o desempenho dos profissionais dentro das companhias. Alguns ainda dizem que as opiniões de seus empregados nas redes sociais podem ser confundidas com os valores da própria empresa.

Acompanhe a página especial do BBB 21 na Catraca Livre e fique por dentro de tudo que rola na casa mais vigiada do Brasil!

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.