Últimas

Vendas dos iPhone fazem disparar receitas e lucros da Apple

A procura de iPhone levou os lucros da Apple a mais do que duplicar no primeiro trimestre do ano, com o conglomerado tecnológico a capitalizar a dependência do ‘smartphone’.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Os resultados divulgados na quarta-feira (28), depois do fechamento de Wall Street, mostraram que os lucros atingiram os 23,6 bilhões de dólares, enquanto o faturamento cresceu 54%, para 89,6 bilhões de dólares, anunciou a empresa norte-americana.

O iPhone, a ‘jóia da coroa’ da Apple, tinha deixado de vender tão bem como em anos passados, por conta das pessoas manterem os seus aparelhos por mais tempo. Mas o lançamento de quatro novos modelos do iPhone 12 no último ano fez aumentar as vendas do iPhone, que subiram 66% para os 47,9 bilhões de dólares.

Alguns analistas acreditam que a popularidade do iPhone 12 pode conduzir às maiores vendas do aparelho desde 2014, quando apareceu o iPhone 6, que foi um sucesso graças ao aumento do display.

O iPhone 12 é o primeiro modelo que pode ligar às redes sem fio 5G, que prometem maiores velocidades, mas que ainda estão em construção. A companhia anunciou também que reservou 90 bilhões de dólares para comprar ações próprias. Nas transações realizadas depois do fechamento do mercado, as ações da Apple estavam valorizando três por cento.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.