Últimas

A 14ª Mostra de Teatro do Amazonas encerrou o evento com o anúncio dos espetáculos vencedores, apresentação de performances e comemoração do sucesso de todas as atividades

A 14ª Mostra de Teatro do Amazonas encerrou no último sábado (01) com a premiação dos três espetáculos escolhidos em júri popular no evento deste ano, que foi realizado de forma totalmente digital.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Ao todo participaram dez espetáculos que tiveram seus trabalhos exibidos no canal da FETAM no YouTube entre os dias 8 e 24 de março. O total de seis mil reais em prêmio foi entregue aos classificados. Ainda durante a tarde de sábado os alunos do MiniLab apresentaram suas performances pela plataforma Zoom para os convidados e provocadores.

Passaram pelo palco digital da mostra dez espetáculos de categoria adulta, infantil e infanto-juvenil. A escolha do júri popular aconteceu pelas redes sociais com curtidas nos vídeos do YouTube e publicação de foto no story do Instagram com menção do perfil da Federação de Teatro do Amazonas (FETAM). Pois o público curtiu, mencionou, compartilhou e escolheu os três primeiros colocados. Os classificados receberam um troféu Jurupari e para o primeiro lugar R$3.000,00, segundo colocado R$2.000,00 e em terceiro lugar R$1.000,00.

O primeiro, lugar com 1286 Likes e com 34 menções no Instagram, o espetáculo “E Nós Que Amávamos Tanto A Revolução” do Grupo Jurubebas de Teatro. Em segundo lugar, com 794 Likes e 20 menções no Instagram, o espetáculo “Jogo do Bicho do Grupo Garagem”. E em terceiro lugar, com 249 Likes e 16 Menções no Instagram, o espetáculo “Amélia” do Menina Miúda Produções.

Nas demais atividades realizadas, a produção da mostra comemorou o sucesso com a participação, aceitação e interesse do público. Nos debates dos espetáculos houve 68 participantes oportunizando aos artistas e público uma nova relação com os trabalhos artísticos apresentados. As Rodas de Conversas debatendo sobre linguagem, política e formação teatral do estado do Amazonas alcançaram mais de 350 visualizações.

Se você viu algum outdoor pela cidade com curtas histórias em 140 caracteres, bem parecidas com Tweets, é obra dos talentosos dramaturgos que se aventuraram no I Concurso de Mini Dramaturgias. O texto Gripezinha de Eduardo Gomes, Mossoró de Felipe Maya Jatobá e A bolha de Daniely Peinado abrilhantaram a programação.

Eduardo Gomes, jornalista, foi um dos ganhadores do concurso e contou que “ Conseguimos engajar a mobilização de quase 600 pessoas nas redes em prol de um texto, agora chegou a hora de ver nossas criações ganhando as ruas da cidade. Essa edição da Mostra de Teatro do Amazonas totalmente on-line ficará marcada na história, assim como nossos textos. Vencer essa edição tem um sabor especial, torço para que o concurso de mini-dramaturgias tenha vida longa e que muitos outros artistas possam ter seus trabalhos reconhecidos”.

A estreia do projeto piloto MiniLab teve a participação de oito pessoas entre público geral e artistas, mais uma provocadora e quatro mediadores em 40 horas de provocações, criações e debates. Tudo realizado digitalmente pela plataforma Zoom e com bolsa de auxílio para os alunos. O resultado dessa experiência e finalizando a atividade foi a criação de uma performance individual “Visualidades da cena e os espaços imaginários” apresentada no último dia da mostra para convidados. A atividade provocou diversas emoções no público.

A convidada Miraci Cardoso disse: "Eu sei o quanto a arte pode mudar a vida das pessoas, pois ela transforma. Parabéns a todos pelos processos que passaram. Isso é histórico. No meio de uma pandemia vocês poderem mudar com a arte a vida das pessoas”.

Também durante a mostra foi inaugurado o site da Federação. Resultado do projeto Movimenta FETAM. Com layout intuitivo e dinâmico, designer agradável com conforto visual em que qualquer usuário pode acessar os registros de imagens e vídeos, consultar a programação cultural e propor parcerias e convênios. Os federados têm um perfil de usuário com login e senha, que lhes dá a comodidade e aproximação mais ativa com a direção.

Foram 240 horas de espetáculos on-line, gratuitos e com acessibilidade no canal do YouTube da Federação de Teatro do Amazonas – FETAM, resultando em 4.526 visualizações no canal e 22.343 de alcance no Instagram. Foi um evento histórico que envolveu uma grande produção coordenada por Francis Madson, Ana Oliveira, Arlisson Cruz e Jordania Damasceno.

A 14ª Mostra de Teatro do Amazonas e a FETAM DIGITAL são comprovações de que se houver investimento na cultura o Amazonas tem muito a mostrar e oferecer culturalmente. Ambos os projetos foram contemplados no edital emergencial Prêmio Feliciano Lana, Lei Aldir Blanc com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, e do Governo Federal, por meio da Secretaria Especial de Cultura.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.