Últimas

Alunos da rede estadual criam brinquedos que estimulam funções musculares

Com materiais como garrafas pet, cordão, tesoura e fita adesiva, os alunos da Escola Estadual (EE) Alfredo Campos, localizada na zona sul de Manaus, construíram os seus próprios brinquedos bilboquês. A motivação surgiu nas aulas de Educação Física, ministradas pela professora Ione Batista, que têm realizado diversas ações que complementam as atividades remotas do “Aula em Casa” e buscam estimular o desenvolvimento da motricidade, noção espacial e lateralidade dos estudantes da unidade de ensino.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A iniciativa é voltada para aproximadamente 50 crianças do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e tem ainda o objetivo de promover uma educação capaz de encarar a ludicidade como um fator motivador para garantir a aprendizagem dos alunos, bem como aprimorar a capacidade de percepção e reflexo.

“Esta é a primeira vez que a atividade acontece e propõe, também, a motivação das habilidades motoras, principalmente com tarefas que, por sua vez, ajudarão na aprendizagem da leitura, escrita e concentração”, explica a gestora da unidade escolar, Patricia Navarro.

O acompanhamento é feito por meio de grupos de WhatsApp, nos quais a aula é ministrada pela professora de Educação Física, Ione Batista. Em seguida, os estudantes retornam por meio de vídeos com as atividades sugeridas pela docente.

O estudante Carlos Daniel Lopes Ferreira, do 4º ano, conta o passo a passo de como usar a criatividade na criação do jogo. “O brinquedo é bem divertido. Eu criei o meu bilboquê com alguns itens improvisados, customizei e, em pouco tempo, ele ficou pronto e eu já pude usá-lo”, finalizou o jovem.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.