Últimas

Apresentadora acusa Record de demiti-la por causa de fotos de biquíni

Mariana Martins, ex-Globo e agora ex-Record, está acusando a emissora de Edir Macedo de preconceito. Ela afirma que foi demitida por ter publicado uma foto de biquíni. “Situações de machismo”, afirmou. 

Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO  

Em um vídeo publicado no Instagram, ela disse: "Não me disseram o motivo. [Mas] Eu sei alguns dos motivos. Eu queria dividir com vocês algumas coisas, até para que sirva de alerta para outras mulheres. A pressão pela audiência não pode maltratar nem coagir o funcionário. Vivi várias situações de constrangimento e ficou claro que queriam me transformar em uma outra pessoa, uma pessoa que eu não sou”.

Ela afirma que foi alvo de comentários desagradáveis nos bastidores do Balanço Geral Manhã após a Record constatar queda na audiência. A situação piorou após uma reunião com outros contratados. "Colocaram nessa reunião várias fotos das minhas redes sociais, com a presença de várias pessoas me constrangendo de uma forma absurda. Colocaram fotos minhas de biquíni, fotos minhas em viagens. Dizendo que eu tinha que transformar o meu Instagram em outro, para falar a língua do público, [dizendo] que as fotos estavam muito bonitas, que eu tinha que ser outra".

Ela afirma que uma gerente do canal a pressionou devido ao seu jeito de agir. ir. "Ela achava que eu sensualizava um pouco na hora de falar. Eu sensualizar em um jornal, gente? Eu não sensualizo nem aqui no Instagram. Então, as situações de constrangimento, preconceito, machismo, foram inúmeras.",

Ela defende que não precisa mudar o seu jeito para manter os telespectadores. "O que fideliza o público é ele ver a denúncia dele no ar, ele ver a reclamação dele no ar, um jornalismo imparcial", afirmou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.