Últimas

Casal é executado em vila de quitinetes em Manaus

Manaus- Na noite deste domingo (23), um homem e uma mulher que seriam amigos, foram executados sem dó nem piedade por dupla de criminosos que entraram na vila e reconheceram as vítimas.

Foto: Divulgação/ BLITZ AMAZÔNICO


O caso aconteceu no bairro  Colônia Terra Nova, na Zona Norte de Manaus.

Uma das vítimas foi identificada como Leandro Carlos de Souza, 31 e Tânia Chaves Campos, de 40 anos, e que segundo a polícia tem envolvimento com o tráfico de drogas.

Conforme relatos, o casal havia se mudado para o local há três meses, e o crime pode ser um acerto de contas. 

De acordo com a perícia do Departamento Técnico científico (DPTC), as vítimas foram mortas com 16 tiros, todos na região da cabeça. 

Conforme informações do tenente Gadelha, da 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), dois “pistoleiros” chegaram em uma motocicleta e entraram na vila de quitinetes onde os amigos estavam. Com um aparelho celular nas mãos, eles reconheceram primeiro Tânia por meio de uma foto e informaram que havia chegado a hora dela morrer.

“Tânia foi obrigada a se ajoelhar e foi morta com 5 tiros na cabeça. O Leandro que é deficiente, estava sentado em uma cadeira e foi morto depois dela com 11 tiros na cabeça. Os vizinhos contaram que ambos possuíam envolvimento com o tráfico de drogas na área. Eles haviam se mudado recentemente para o local, onde estavam por apenas três meses”, relatou o tenente.

Os suspeitos fugiram sem serem identificados e a 18ª Cicom foi acionada para realizar o isolamento da área.

Os corpos das vítimas foram levados à sede do Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus, onde passou por exame necroscópico.

O caso será investigado pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Fonte: Em Tempo

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.