Últimas

Comerciante é morta e tem dedos arrancados em embarcação no Amazonas

Manaus/AM - O corpo de Terezinha Araújo de Andrade, de 70 anos, deu entrada neste sábado no Instituto Médico Legal (IML) de Manaus, vindo de Japurá, no Amazonas. Segundo a família, a comerciante foi vítima de latrocínio, supostamente cometido por piratas do rio.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO 

Ainda de acordo com a família, o corpo da mulher foi encontrado na quinta-feira (22), no porão de uma embarcação que estava naufragada. Ela tinha os dedos cortados e duas perfurações de faca, sendo uma nas costas e uma no coração.

O corpo foi encaminhado ao IML, para averiguar se além das facadas e da tortura, houve outro tipo de violência. A polícia ficará em poder no laudo de necropsia, para anexar ao inquérito que irá apurar a morte e descobrir os autores.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.