Últimas

Concessionária de água tem 48 horas para responder à prefeitura sobre rompimento de adutora no bairro Compensa

A Prefeitura de Manaus, via Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), encaminhou, na manhã desta segunda-feira, 31/5, a primeira das duas notificações à empresa Águas de Manaus, para obter todas as informações referentes às causas do rompimento da adutora de 800 milímetros ocorrido na madrugada de domingo, 30/5, na rua das Flores, bairro Compensa, zona Oeste.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A empresa tem até a próxima quarta-feira, 2/6, para informar as providências tomadas em relação ao sinistro.

Na notificação, a Ageman solicita a quantidade de usuários prejudicados, os danos materiais causados aos moradores da rua das Flores e adjacências, as providências a curto, médio e longo prazos, bem como as medidas operacionais tomadas pela concessionária, para restabelecer o abastecimento de água tratada na capital amazonense, após o episódio que deixou os usuários das zona Norte e Oeste sem água no domingo.

Na manhã desta segunda-feira, 31, os engenheiros da Ageman retornaram ao local do sinistro e vistoriaram a conclusão da manutenção emergencial realizada pela empresa Águas de Manaus, bem como o aterramento, a pavimentação da via, a recomposição dos meios-fios e das calçadas, além de conferir o cadastramento dos moradores que serão ressarcidos pelos danos materiais causados com o rompimento da tubulação.

“Estamos acompanhando todos os processos, desde o ressarcimento aos usuários à reconstrução de toda a rua, assim como a perícia que a seguradora está realizando no local. A empresa se encontra com suas apólices referentes a seguros e garantias em dia e nós, da Prefeitura de Manaus, estamos requisitando várias informações que irão subsidiar o nosso relatório técnico, quanto a situação estrutural dessa adutora, porque é uma situação preocupante, visto que essa é a terceira vez que rompe”, afirmou o diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho.

A Ageman também continua monitorando o serviço de abastecimento de água tratada nas demais áreas da cidade, visto que para realizar a manutenção emergencial na adutora afetada, foi necessário desligar o Sistema de Abastecimento e de Tratamento de Água da Ponta do Ismael, o principal da capital, o que gerou a descontinuidade do serviço em vários bairros e comunidades.

Reclamações devem ser registradas na Ouvidoria da Ageman, pelo 0800-092-3511, pelo WhatsApp 98842-5821 ou ainda pelas redes sociais da Ageman, também pelo site www.ageman.am.gov.br/ouvidoria e o e-mail ouvidoria.ageman@gmail.com .

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.