Últimas

Dia de higienizar as mãos: cuidado deve continuar além da pandemia

Na quarta-feira (5), é comemorado o Dia Mundial da Higienização das Mãos, uma data focada na prática dos profissionais de saúde, mas que, com a pandemia de Covid-19, acabou ganhando grande popularidade.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A medida consegue evitar, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 40% das doenças relacionadas à diarreia e 20% das respiratórias infecciosas.

"Gripe, resfriado, conjuntivites, hepatite A, infecções gastrointestinais, salmonela e até a Covid-19 podem ser evitadas pelo simples cuidado com a higienização das mãos", informa Mayara Alves, biomédica e coordenadora técnica do Sabin Medicina Diagnóstica.

Atualmente, devido à pandemia do novo coronavírus, tem-se usado muito o álcool em gel 70% para a higienização das mãos, especialmente em ambientes hospitalares e comerciais, com grande movimentação de pessoas. No entanto, uma boa lavagem com água e sabão é suficiente para deixar as mãos livres de contaminantes. Também é importante ressaltar que não há limitação de vezes para se higienizar as mãos ao longo do dia. O cuidado depende da rotina de cada um.

"É preciso adaptar a higienização ao dia a dia de cada indivíduo. Por exemplo: foi ao banheiro? Lave as mãos. Vai almoçar? O mesmo procedimento. Trabalha com profissão que te expõe a outras pessoas, possibilitando contaminação? Higienização das mãos, sempre", enfatiza a doutora Mayara Alves.

Cuidado além da pandemia

A biomédica lembra que é preciso manter o hábito de higienizar as mãos não só para se proteger da Covid-19, mas para evitar a contaminação de vários outros patógenos que podem comprometer a saúde.

"Logo, nossas mãos continuam a ser grandes vetores de transmissão. Daí a necessário higienizá-las sempre", afirma a especialista.

Como lavar as mãos corretamente

A higienização das mãos está longe de ser apenas uma lavagem com água abundante por alguns segundos. Como o objetivo é eliminar germes e possíveis transmissores de doenças, o cuidado e a atenção precisam ser bem maiores.

"Existem produtos no mercado que possibilitam a correta higienização das mãos, no entanto, a água e o sabão já fazem um trabalho excelente. Esse conjunto é considerado padrão-ouro de limpeza", afirma Mayara Alves.

Ela orienta que, para uma correta higienização, deve-se umedecer as duas mãos com água e sabão. Em seguida, esfregar as palmas uma na outra e lavar bem os punhos. Por último, deve-se focar nos dedos, inclusive embaixo das unhas. "Após seguir esses passos, pode enxaguar e ficar mais tranquilo. Suas mãos estarão limpas".

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.