Últimas

FVS-AM mantém alerta à prevenção de vírus respiratórios diante da estabilização da Covid-19 no Amazonas

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Amazonas por Covid-19 permanece estável, mas em patamares elevados, com uma média de 200 pacientes internados na rede pública de Manaus, nas últimas duas semanas. O alerta é da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), que enfatiza a importância da manutenção das medidas de prevenção à pandemia, diante da mudança na evolução da doença no Amazonas, com diminuição de 14% na média diária de casos de Covid-19, nos últimos 14 dias.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Além desses indicadores, a equipe da Sala de Situação de Saúde do Amazonas, instalada na FVS-AM, identificou tendência de redução do número de óbitos pela doença. A análise e recomendações constam no Boletim Ampliado da Situação Epidemiológica da Covid-19 no Amazonas Ano 2 / Número 18, divulgado nesta quinta-feira (13/05). O documento está disponível em: https://bit.ly/3w3Qrnb

A estabilização do número de internados pelo novo coronavírus, entre outros fatores, pode estar relacionada à circulação de outros vírus respiratórios causadores da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), como Influenza A e B, Vírus Sincicial Respiratório (VSR), Adenovírus, Parainfluenza, Metapneumovírus, além do novo coronavírus. “É preciso alertar sobre a circulação desses vírus à população, é preciso manter a fiscalização de estabelecimentos comerciais para verificação do cumprimento das medidas de prevenção”, enfatiza o diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes.

O assessor da Sala de Situação de Saúde do Amazonas, Daniel Barros, apontou que o elevado número de internações poderá impactar no número de óbitos nas próximas semanas. “A média de internação atualmente está em torno de 12 a 15 dias, portanto, o aumento nas internações poderá resultar em aumento no número de óbitos daqui a 10 ou 15 dias”, explica Daniel.

Daniel ressalta ainda que as medidas preventivas precisam ser mantidas pela sociedade. "É importante que a população fique em alerta e continue seguindo com consciência e responsabilidade todas as medidas de prevenção, como o uso de máscara e procurar frequentar apenas lugares ventilados", ressalta.

Referência – A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.