Últimas

Governo do Amazonas entrega certificados de conclusão de cursos para acolhidos em abrigo

Ação profissionalizante é uma parceria entre Sejusc e Cetam

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O Governo Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), entregou na tarde desta segunda-feira (24/05), em parceria com o Centro de Educação Tecnológico do Amazonas (Cetam), 23 certificados de conclusão dos cursos de Estoquista e Repositor de Mercadorias para os acolhidos do Abrigo Emergencial Temporário, voltado à população em situação de rua.

A secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, afirmou que desde a concepção do projeto do Abrigo Emergencial, o governador Wilson Lima determinou que o espaço contasse com mecanismos e parcerias que pudessem oportunizar formação e qualificação profissional para os abrigados.

“Esse momento é um divisor de águas porque, a partir de hoje, eles têm currículo. Muitos não tinham formação e qualificação nenhuma [antes de entrarem no espaço]. E agora eles podem ser inseridos no mercado de trabalho. É fundamental esse dia e acredito que irá mudar completamente a vida deles”, disse a gestora.

A diretora acadêmica do Cetam, Rita Mara Garcia, destacou que os abrigados não são mais alunos e sim profissionais capacitados para executar suas funções.

“O certificado do Cetam serve no Brasil inteiro. Eles estão preparados para o mercado de trabalho. Isso é fundamental. Pessoas que não tinham mais esperança, que estavam em uma situação vulnerável, hoje estão uniformizadas. É o Governo do Estado atendendo quem realmente precisa”, afirmou Rita.

Novos olhares - Atuando dentro do Abrigo Emergencial desde a abertura, no dia 25 de fevereiro deste ano, o gerente de Políticas à População em Situação de Rua da Sejusc, Edney de Souza, compartilhou ser uma emoção grande poder colaborar com a formação dos acolhidos.

“Para muitas pessoas pode não parecer nada, porque acreditam ser uma coisa tão simples, não é? Mas é um curso que qualifica e capacita pessoas em situação de vulnerabilidade, e dá para eles uma oportunidade de trabalho. Para nós é uma satisfação muito grande poder oportunizá-los; dar uma nova perspectiva de vida”, contou.

Recomeço – Egresso do Abrigo Emergencial, um jovem de 24 anos, que retornou ao mercado de trabalho por meio de uma ação da Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), retornou ao espaço somente para buscar os certificados.

“Isso é muito importante para nós, porque muitas pessoas em situação de rua daqui não tinham cursos. Por isso, também não tinham como fazer o currículo. O curso do Cetam nos ajudou bastante”, garante o homem que, na próxima quinta-feira (27/05), inicia como eletricista em uma empresa.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.