Últimas

Menina abortou 2 vezes após ser estuprada pelo pai no Amazonas

Manaus/AM - Uma menina de 14 anos precisou abortar duas vezes após ser estuprada pelo próprio pai por cerca de 7 anos. O homem foi condenado a 15 anos de prisão pelo crime ocorrido em Humaitá. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO  

De acordo com a Justiça do Amazonas, os estupros começaram desde quando a menina tinha 5 anos, mas a primeira consumação do ato sexual ocorreu quando a criança completou 6 anos. Os estupros eram constantes e, em decorrência disso, a vítima relatou ter engravidado duas vezes, tendo realizado abortos.

O juiz Charles José Fernandes da Cruz, titular da 2.ª Vara da Comarca de Humaitá também negou ao réu o direito de recorrer da sentença em liberdade, “uma vez que altíssima é sua penalização e pelo fato de ainda se encontrarem presentes os requisitos para a decretação da custódia cautelar preventiva”.

O acusado também responde a processo pelo homicídio da mãe da vítima. Com denúncia já oferecida pelo Ministério Público, o processo está, nesta fase, sob a responsabilidade do juiz Charles da Cruz e tem audiência de instrução marcada para o próximo dia 2 de junho.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.