Últimas

Polícia Civil do Amazonas inicia implantação do novo Sistema de Procedimentos Policiais Eletrônicos

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) iniciou, nesta segunda-feira (03/05), a implantação do novo Sistema de Procedimentos Policiais Eletrônicos (PPE), disponibilizado pela Secretaria Nacional de Segurança (Senasp), por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), para as Unidades da Federação, que permite o registro de ocorrências, despacho homologatório e a lavratura de procedimentos de polícia, além de fornecer recursos que permitem a gestão cartorária e compartilhamento de dados.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A primeira unidade policial a receber o novo sistema é o 7° Distrito Integrado de Polícia (DIP), localizado na rua São Vicente, bairro São Lázaro, zona sul de Manaus. O evento de inauguração contou com a participação do secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), coronel Louismar Bonates; da delegada-geral da PC-AM, Emília Ferraz; do diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Alessandro Albino; e do coordenador-geral do Sinesp, Rafael Rodrigues.

O PPE irá substituir o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), em relação aos registros de ocorrência e elaboração de procedimentos nas delegacias, como Boletins de Ocorrência (BOs), Auto de Prisão em Flagrante (APF), Inquéritos Policiais (IPLs), Termos Circunstanciado de Ocorrência (TCOs), entre outros.

Conforme o Secretário de Segurança, Louismar Bonates, o PPE trará mais agilidade para os trabalhos policiais e um retorno maior para a sociedade, pois a partir de agora, o acesso aos bancos nacionais de dados, que são integrados pelo MJSP, será instantâneo.

“É um avanço muito grande e de extrema relevância para todos. Estamos trabalhando em conjunto com o Governo Federal, por meio do MJSP, e o Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Segurança, onde todos serão beneficiados. Neste primeiro momento está sendo instalado aqui no 7° DIP, posteriormente toda a capital e os municípios do interior serão beneficiados”, destacou Bonates.

A delegada-geral da PC-AM, Emília Ferraz, enfatizou que o novo sistema vai trazer um procedimento muito bem feito, pois no momento em que a pessoa registrar um BO será possível fazer a migração de todos os dados.

“As nossas expectativas são as melhores, o PPE é muito bom à medida que integra as informações das mais diversas esferas. Então conseguimos realizar consultas por meio do Cadastro de Pessoa Física (CPF) em bancos de dados nacionais. Isso irá agilizar nossos trabalhos, pois caso alguém que tenha cometido um crime em outro estado chegue ao Amazonas, vamos saber e atuar de forma célere”, ressaltou Emília.

De acordo com o coordenador-geral do Sinesp, Rafael Rodrigues, o MJSP tem fornecido diversas soluções com o objetivo de agregar informações de diversos estados e órgãos, tanto no âmbito federal, quanto estadual e municipal, para que possa ser fornecido com maior agilidade recursos que permitam uma tomada de decisão mais qualificada.

“Na prática a solução permite que os estados compartilhem a mesma informação, de fazer os registros de polícia judiciária, atendimento e despacho de ocorrência e, a partir desse momento, cada unidade da federação, que utiliza a solução, pode consumir os dados que são feitos em uma base nacional de informações. Hoje o Sinesp PPE está presente em nove estados, em breve outras unidades da federação serão integradas”, informou Rodrigues.

Sinesp PPE – O sistema subsidia a gestão dos recursos humanos, materiais, investigativos e de inteligência dos atores da Segurança Pública, com o registro das informações destinadas às Polícias Estaduais, auxílio na identificação dos fenômenos criminais, dos indicadores relacionados aos perfis dos autores, testemunhas e ofendidos, entre outros.

Além do armazenamento das informações, a ferramenta visa a implantação de procedimento exclusivamente eletrônico em todas as suas fases, com a substituição da utilização de papel, em sintonia com a economicidade e com as normas ambientais.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.