Últimas

Polícia Civil do Amazonas prende industriário condenado a 10 anos de prisão por estupro de vulnerável

Nesta segunda-feira (10/05), por volta das 10h, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), cumpriu mandado de prisão em razão de sentença condenatória em nome de um industriário de 37 anos, pela prática do crime de estupro de vulnerável, ocorrido em 2015 e tendo como vítima uma menina que, na época do delito, tinha 10 anos e era enteada do autor. A ação policial ocorreu no bairro Distrito Industrial, zona leste da capital.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com o delegado Marcos Arruda, titular do 1º DIP, o abuso sexual ocorreu em ambiente doméstico, no bairro Cachoerinha, zona sul da cidade, onde o indivíduo residia juntamente com a mãe da vítima, com quem ele mantinha uma união estável. “A genitora da menina tomou conhecimento do abuso ainda no ano de 2015, e efetuou a denúncia do fato”, comentou o delegado.

A ordem judicial em nome do homem foi expedida no dia 3 de maio deste ano, pelo juiz Ian Andrezzo Dutra, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes. Sendo assim, as equipes seguiram em diligências e conseguiram efetuar a prisão dele, em seu local de trabalho, no bairro Distrito Industrial.

Procedimentos – O industriário foi condenado a 10 anos de reclusão em regime fechado pelo crime de estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT) para audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.