Últimas

Programa ‘Trabalhando a Liberdade’ inicia manutenção na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa

Apenados do programa “Trabalhando a Liberdade”, do Governo do Amazonas, realizado em parceria entre a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, iniciaram trabalhos de manutenção na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, nesta segunda-feira (10/5), com serviços de capinagem e roçagem do terreno.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“Desde o ano passado, esse programa começou a realizar trabalhos em parques e praças administrados pelo Estado, com orientação do governador Wilson Lima, contribuindo para a manutenção desses locais, economia para os cofres públicos, e também dando uma chance de recomeço para os apenados”, ressalta o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz. “Agora, vamos ter um trabalho contínuo de manutenção na Cadeia Pública, com capinagem, roçagem e, posteriormente, outros serviços.

No total, 36 apenados do regime semiaberto trabalham nos parques e praças administrados pelo Estado, em expedientes diários de 8 horas, que ao final serão convertidos em redução da pena.

“Eles trabalham de segunda a sexta-feira nos parques Jefferson Peres e Rio Negro, praças Heliodoro Balbi e Antônio Bittencourt (Praça do Congresso), e Largo São Sebastião. Eles não realizam apenas trabalho de capinagem, mas de manutenção em geral, como elétrica, hidráulica e pintura. Os apenados realizam cursos para realizar estes serviços e assim se profissionalizam”, ressalta a gerente de Parques e Praças da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Joara Marques.

Muro grafitado - Recentemente, o muro lateral (Av. Duque de Caxias) da Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa passou por uma intervenção artística e foi grafitado como parte das ações da terceira edição do “Festival Amazônia Walls - Graffiti Muralismo”, projeto que foi contemplado no Prêmio Feliciano Lana - Lei Aldir Blanc, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

O projeto foi realizado entre os dias 5 e 9 de maio e contou com a participação de um coletivo de artistas abrangendo, também, as laterais e muros do hotel Mural Living e do edifício Esquina das Sedas, ambos localizados no Centro de Manaus.

Para mais informações sobre o projeto: @fest_amazoniawalls.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.