Últimas

Reeducandos do Amazonas recebem prêmios após destaque em concurso de redação da DPU

Três reeducandos do sistema prisional amazonense, que se destacaram no 5° concurso de redação da Defensoria Pública da União (DPU), realizado em 2019, começaram a receber suas premiações referente às excelentes colocações conquistadas no certame. Nesta sexta-feira (21/05), foi a vez de Gilmar Graciano Pimentel, reeducando que alcançou o primeiro lugar em nível estadual do concurso, receber o seu reconhecimento em uma cerimônia realizada na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), local onde ele atualmente cumpre sua pena.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Além do certificado, Gilmar ganhou uma mini caixa de som - mesmo prêmio que será dado a Alexandre dos Santos Souza e Adriano Pereira, que conquistaram, respectivamente, o segundo e terceiro lugares. Os prêmios ficarão em posse dos familiares até que os reeducandos, que cumprem pena no regime fechado, deixem o sistema prisional.

A entrega das premiações só ocorreu neste ano devido à pandemia de Covid-19. “Participar do concurso foi algo muito desafiador e conquistar o primeiro lugar foi surpreendente. Graças aos programas de ressocialização e a toda equipe, consegui me preparar muito bem e escrever um bom texto, estou realmente muito feliz. Essa é a forma de retribuir toda a confiança depositada em mim, a minha família está muito contente, eu quero continuar dando orgulho para eles", declarou Gilmar Pimentel.

Na avaliação, os internos puderam destacar seus talentos para escrita e provar que os programas de ressocialização promovidos nas unidades prisionais pela atual gestão da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), como o "Conhecimento que Liberta" e o "Trabalhando a Liberdade", continuam a dar bons frutos para a sociedade.

"Hoje realizamos uma homenagem para o custodiado vencedor da melhor redação no concurso que a DPU promoveu em 2019. Um pequeno gesto, porém de grande valor para todos os internos que buscam melhorias concretas em suas vidas, através do estudo e do trabalho", disse o diretor da UPP, Felipe Abreu.

Professores e servidores - Além dos reeducandos, três agentes penitenciários e três professores também receberam premiações, por se destacarem em suas categorias no concurso de 2019. Eles ganharam medalhas e certificados que atestam suas qualidades na redação da DPU.

Certificação do Curso de drone - Durante a cerimônia na UPP, a Seap, em parceria com a cogestora RH Multi, certificou 18 agentes de ressocialização no curso de controlador de drones. Eles foram capacitados para atuar em mais um meio de segurança que será utilizado na unidade.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.