Últimas

Amazonas registra 21 casos de ataques de morcegos a humanos

Manaus/AM - Cerca de 21 casos de ataques a humanos por morcegos foram registrados entre janeiro e maio de 2021 no Amazonas, o que representa uma redução de 76%, quando se compara com o mesmo período do ano anterior, onde 88 casos de agressões foram notificados no Estado. Os registros englobam ataques por diferentes tipos de morcegos, não apenas os hematófagos (que se alimentam de sangue), segundo o levantamento da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). 


Para reduzir os casos, a FVS-AM realiza nesta quinta-feira (24) uma ação de monitoramento e controle de agressões provocadas por morcegos hematófagos (que se alimentam de sangue) da espécie Desmodus rotundus, em Manaus. A ação ocorreu em um sítio, na zona leste de Manaus, após a equipe receber uma denúncia de ataques por esses morcegos em criação de galinha no local.

De acordo com o veterinário da Gerência de Zoonoses da FVS-AM (GZ/FVS-AM), Hamid Ataide Miguel, as medidas de prevenção envolvem as barreiras físicas para evitar o acesso dos morcegos além do controle seletivo em casos de agressões”. “O controle é feito por meio de captura e tratamento, utilizando pasta anticoagulante nos animais. Após isso feito, os animais são soltos, e nos próximos dias irão se impregnar com a substância e morrer”, explica Hamid.

Os municípios do Amazonas que mais registraram ataques por morcegos, até maio deste ano, são: Manaus (9); Humaitá (7); São Gabriel da Cachoeira (2); Coari (2) e Atalaia do Norte (1).

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.