Últimas

Após ataques do CV, Manaus amanhece deserta e sem ônibus de transporte coletivo

Manaus (AM) – Os ônibus do transporte coletivo de Manaus não saíram às ruas na manhã desta segunda-feira (7). Esse é o segundo dia consecutivo que o serviço não funciona na capital, devido à onda de violência vivida na cidade desde a madrugada de domingo (6).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO


Ainda no domingo, mais de 15 veículos entre os do transporte público e privado de passageiros foram queimados na cidade, levando à suspensão do serviço.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou que o serviço seguirá assim por toda a manhã e ainda não tem previsão de normalização.

As principais vias das zonas Centro-Sul, Leste e Norte de Manaus continuam com várias pessoas nos pontos de ônibus. Alguns usuário chegaram a ir às paradas, mas não conseguiram se locomover. Muitos são funcionários de empresas privadas.

Nas garagens das empresas, os veículos seguem parados. Motoristas e cobradores do primeiro turno, que compreende os horários da manhã e da tarde, foram dispensados e os demais seguem aguardando novas orientações das empresas.

Ainda na noite de domingo, a sede do Sinetram, localizada na Avenida Constantino Nery, no bairro São Geraldo, foi alvejada a tiros. Ninguém ficou ferido.

Veja vídeo:


Fonte: G1 Notícias

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.