Últimas

Consumo moderado de álcool não altera efeito da vacina contra covid

Manaus/AM - Acontece neste sábado (12) e domingo (13), em Manaus, o viradão para imunizar cerca de 214 mil pessoas acima dos 40 anos e uma dúvida pertinente entre parte do grupo é se a pessoa que toma a vacina pode ou não consumir álcool e a resposta é que sim. 


É preciso evitar o consumo de bebida alcoólica antes ou depois de tomar vacina contra a Covid-19, mas segundo a médica Mônica Levi, diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), o boato é preocupante, porque pode desestimular a proteção de parte da população.

Além disto, os fabricantes dos imunizantes CoronaVac e AstraZeneca não veem comprometimento do efeito nem o risco de eventos adversos ligados às bebidas. Nos estudos clínicos, os voluntários não precisaram ter nenhum cuidado quanto a isso.

Também não há nada a respeito nas bulas de ambos, afirma a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A reportagem consultou ainda o Instituto Butantan, a Fiocruz e o Ministério da Saúde. Todos afirmam que não há por que se preocupar.

“Não há nenhuma evidência sobre a relação do álcool com o comprometimento da formação de anticorpos promovida pela vacina Covid-19”, diz a pasta, em nota enviada por sua assessoria de imprensa ao IG.




Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.