Últimas

Em áudio, Rogério Caboclo xinga empregados da CBF e presidente da Fifa

Após denúncias de assédios sexual e moral a uma funcionária da CBF que culminaram no afastamento de Rogério Caboclo da entidade, novos áudios vieram à tona mostrando novos indícios do comportamento problemático do cartola.

Foto: Divulgação/ Blitz Amazônico

Obtido pela ESPN.com.br, o registro demonstra o tratamento fora do tom, com ofensas e xingamentos ao citar pessoas que trabalham na CBF.

Em conversa captada em julho de 2018, assessores comunicam o mandatário sobre um media day que apresentaria o VAR para a disputa da Copa do Brasil. Ao ser informado sobre as presenças de Sérgio Corrêa, então responsável pelo sistema, do instrutor Manoel Serapião e do diretor de arbitragem à época, Coronal Marinho, Caboclo ordena: “Treina esses filhos da puta”.

A conversa continua e, quando um dos assessores elogia a Fifa na adoção do VAR e cita o presidente Gianni Infantino, Caboclo corta: “Isso é um filho da puta, mas ele é bom por isso”. Segundo informações de bastidores, Infantino nunca foi fã de Rogério e de sua postura. Em fevereiro deste ano, durante encontro em meio ao Mundial de Clubes em Doha (Catar), o então presidente da CBF se alterou com o mandatário da federação internacional em meio a uma reunião. O constrangimento tomou conta do ambiente, e o brasileiro precisou ser retirado do local por seus pares.

Os áudios confirmam relatos de mais de duas dezenas de funcionários da CBF ouvidos pela reportagem da ESPN, que citam o destempero de Caboclo ao compartilharem suas experiências no trato com o ex-chefe.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.