Últimas

FVS-AM realiza monitoramento sobre Covid-19 em navio estrangeiro de carga que atracou em Itacoatiara

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) realiza o monitoramento sobre Covid-19 em navio estrangeiro de carga que está atracado em Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Além dos 20 tripulantes estrangeiros do navio, também estavam na embarcação dois práticos brasileiros que embarcaram em Macapá (AP). Todos foram testados e um prático da embarcação apresentou resultado detectável para o novo coronavírus e segue em quarentena em Itacoatiara.

Técnicos do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-AM), ambos coordenados pela FVS-AM; e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foram até o município realizar monitoramento do caso na quinta-feira (27/05). A equipe retornou a Manaus na sexta-feira (28/05).

“Foram realizadas testagens de detecção do novo coronavírus com exames RT-PCR e o monitoramento junto à Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde do município”, detalhou o diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes.

O navio de carga veio de Porto de Espanha, em Manzanillo, no Panamá, quando saiu no dia 18/05. O itinerário da embarcação incluiu parada em Macapá, no Amapá, no dia 25/05, chegando a Itacoatiara, na quinta-feira (27/05).

A tripulação inclui o comandante, da Lituânia, quatro filipinos, 15 ucranianos e dois práticos brasileiros. “Em Itacoatiara, no dia 27/05, um dos dois práticos da embarcação, um homem de 50 anos, informou ao comandante que apresentou sintomas gripais (sensação de febre, tosse e dor na garganta)”, ressaltou a chefe do CIEVS/FVS-AM, Liane Souza.

O comando da embarcação acionou a Anvisa que notificou à Vigilância em Saúde de Itacoatiara sobre a situação. Conforme investigação, nenhum dos práticos teve contato com a tripulação. Foi realizado um teste rápido de antígeno, pela Semsa/Itacoatiara, para detecção do novo coronavírus. O resultado do exame foi positivo para Covid-19 para um dos práticos, que foi isolado em um hotel no município.

A equipe técnica composta por membros da FVS-AM e da Anvisa seguiu ao porto de Itacoatiara e realizou inspeção no interior do navio, onde foram coletadas amostras de RT-PCR dos tripulantes. Todos os exames apresentaram resultado negativo para Covid-19. A equipe do Lacen-FVS também realizou RT-PCR no prático sintomático, que já havia obtido resultado de detecção do novo coronavírus pelo teste antígeno, e também apresentou o vírus no RT-PCR. A amostra foi encaminhada para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para ser realizado sequenciamento genético e identificada a linhagem do vírus.

O homem está sob os cuidados da Semsa/Itacoatiara, que foi orientada pelo CIEVS para manter o monitoramento diário e acompanhamento médico do paciente. O navio partiu de Itacoatiara na segunda-feira (31/05) autorizado pela Agência Nacional da Vigilância Sanitária.

Planejamento – Nesta quarta-feira (02/06), a FVS-AM vai se reunir com representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), Secretaria de Saúde de Manaus (Semsa-Manaus) para alinhar os últimos detalhes para a implantação da testagem para Covid-19 em 10% dos passageiros oriundos de embarcações, na área portuária de Manaus.

Referência – A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, zona norte de Manaus.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.