Últimas

Hospital Francisca Mendes terá programação de conscientização sobre a cardiopatia congênita

O Hospital Francisca Mendes, referência no tratamento de doenças cardiovasculares na rede pública de saúde, realiza, a partir desta quarta-feira (09/06), ações em alusão ao Dia Nacional de Conscientização da Cardiopatia Congênita, comemorado no dia 12 de junho. Durante três dias, profissionais de saúde que atuam na capital e no interior serão orientados por meio de treinamentos e palestras.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Doenças cardíacas congênitas são patologias estruturais e funcionais do coração que são diagnosticadas logo após o nascimento da criança. O Hospital Francisca Mendes é a única unidade no estado a realizar intervenções coronarianas percutâneas, por exemplo cateterismo, e cirurgias cardíacas pediátricas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Cerca de 83% da população depende da rede pública, e uma em cada 100 crianças nasce com algum defeito congênito no coração. A partir desses dados, entendemos a importância gigantesca que tem este hospital para nossa população. Precisamos atender mais, servir mais, levar nosso atendimento extramuros e beneficiar àqueles que moram na região”, ressaltou o diretor do hospital, cardiologista Marcus Grangeiro.

De acordo com o coordenador clínico da cardiologia pediátrica do hospital, Ronaldo Camargo, estará sendo proposto o rastreamento intrauterino, o acolhimento de gestantes com o acompanhamento multiprofissional da gestação de alto risco para tratamento imediato da cardiopatia congênita após o nascimento da criança, evitando o agravamento do quadro clínico.

“Realizaremos nova abordagem de educação continuada do teste do coraçãozinho, cuidados do recém-nascido cardiopata nas primeiras horas de vida e transporte seguro. Essas ações integradas de Estado e municípios irão resultar em diminuição da mortalidade infantil e aumentar qualidade do atendimento, tanto na capital como no interior”, enfatizou o coordenador e cardiologista intervencionista.

Programação – Na quarta-feira, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem dos municípios do interior do Estado receberão as qualificações do Programa Nacional de Triagem Neonatal, inclui o teste do coraçãozinho na prática e urgências em cardiologia pediátrica, por meio da plataforma de Telessaúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). As palestras de quinta-feira (10/06), direcionadas aos profissionais da capital, serão realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa Manaus) no auditório da pasta.

O programa estadual de rastreamento de cardiopatias congênitas e o acolhimento das gestantes e bebês no atendimento na Semsa e na Maternidade Moura Tapajóz serão abordados durante ciclo de palestras na sexta-feira (11/06), no auditório do Hospital Francisca Mendes. Na data também será feito um ato simbólico de abraço solidário das gestantes, simbolizando o acolhimento às gestantes e crianças cardiopatas.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.