Últimas

Indígenas atingidos pela cheia em Manacapuru são beneficiados com Auxílio Enchente do Governo do Amazonas

O programa Auxílio Estadual Enchente do Governo do Amazonas também está beneficiando moradores de comunidades indígenas, afetadas pela cheia histórica dos rios da região. Em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), a Comunidade Guiribé, da etnia Apurinã, foi contemplada pela ação humanitária criada pelo governador Wilson Lima, em decorrência do agravamento dos efeitos sociais provocados pelo fenômeno natural.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Executado pela Defesa Civil do Estado e Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), em parceria com outros órgãos estaduais e as prefeituras, a iniciativa atendeu nove famílias que tiveram suas casas atingidas na comunidade. Para isso, assistentes sociais e técnicos do Governo estiveram no local na manhã do último domingo (13/06).

Localizado num dos afluentes do rio Miriti, o Guiribé conta com 18 famílias. A metade delas foi atingida pela cheia e se encontra em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar. É o critério para ter acesso ao benefício eventual de caráter provisório, no valor de R$ 300 em parcela única, destinado à compra de itens de primeira necessidade.

“O que nós enfrentamos nessa enchente a gente nunca esperava. Essa (cheia) foi das maiores, que até atingiu a nossa comunidade e outras comunidades dos parentes, que estão alagadas, como a Jatuarana. A gente agradece em primeiro lugar a Deus, e segundo ao Governo que está se empenhando em ajudar toda a população manacapuruense”, disse o cacique Francisco de Souza Queiroz, o Campoari - Pássaro Guerreiro.

A secretária da Seas, Alessandra Campêlo, coordenou o início das entregas do Auxílio Estadual Enchente em Manacapuru no sábado (12/06). Durante a passagem pelo Guiribé, ela informou que durante a semana os técnicos que atuam no cadastramento e na distribuição dos cartões estarão na zona ribeirinha do município, atendendo agricultores familiares e ribeirinhos atingidos pela cheia.

“Por determinação do governador Wilson Lima, estamos levando o programa para as comunidades mais distantes. Isso só tem sido possível graças ao empenho dos servidores estaduais e municipais, envolvidos na execução do Auxílio Enchente”, concluiu Alessandra.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.