Últimas

Mobiliários e food trucks irregulares são retirados do Passeio do Mindu para revitalização do espaço

Para dar continuidade à revitalização total do Passeio do Mindu, no Parque 10, zona Centro-Sul da cidade, a Prefeitura de Manaus, via Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), fez a retirada de seis mobiliários de lanche e food trucks instalados no local, sem a devida autorização para uso do espaço público, em ação realizada nesta segunda-feira, 14/6.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A retirada ocorreu com apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU). Os proprietários foram devidamente notificados para fazer a retirada voluntária da área destinada a estacionamento e circulação de transeuntes, que estava sendo ocupada irregularmente, sem a devida autorização do órgão competente, no caso o Implurb.

“A Seminf está realizando a revitalização no Passeio do Mindu, numa parceria entre a prefeitura e governo do Estado, e a retirada dos equipamentos visa permitir a recuperação integral do espaço público, além do restabelecimento de seu uso, levando ordem à área urbana”, explicou o vice-presidente do Implurb, arquiteto e urbanista Claudemir Andrade.

Segundo o vice-presidente, as ações de reordenamento são necessárias para ampliar os trabalhos de recuperação de estruturas urbanas públicas na capital e para que a população, de modo geral, assim como comerciantes, tenham dimensão das regras de uso de logradouro público para atividades e serviços.

Projeto

A revitalização do Passeio do Mindu segue em ritmo acelerado. A previsão, de acordo com o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, que esteve no local semana passada, é de que o espaço seja entregue pelo prefeito David Almeida no próximo dia 1º de julho.

No local, 60 homens do sistema penitenciário atuam em diversas frentes por meio do programa ‘‘Trabalhando a Liberdade”. Servidores da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) também participarão da operação, realizando serviços de jardinagem e pintura, para finalizar a ação.

No espaço público, muito utilizado para a prática esportiva e lazer, a Seminf já aplicou 60 toneladas de asfalto na ciclovia. Além disso, os internos dos regimes fechado e provisório fazem serviços de roçagem, concretagem e revitalização de calçadas e meio-fio, pinturas de quiosques, bancos e gradis, revitalização da pista de caminhada, dos parquinhos e das quadras esportivas, além de troca dos pontos de iluminação e manutenção das pontes.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.