Últimas

Modelo grávida morre aos 24 anos em troca de tiros da PM com facção no Rio

A modelo e designer Kethlen Romeu, de 24 anos, morreu na tarde desta terça-feira (8) o ser atingida por uma bala perdida durante um tiroteio entre a Polícia Militar e uma facção criminosa na Comunidade Lins do Vasconcelos, na zona Norte do Rio de Janeiro. 


Segundo o jornal Extra, a modelo foi levada ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas já chegou ao local sem vida. 

A avó de Kethlen, dona Sayonara, contou ao RJTV 2ª Edição (TV Globo) que a neta havia se mudado da comunidade há cerca de um mês devido à violência, e estava indo ao local de trabalho da jovem acompanhá-la, no momento do tiroteio. Ela conta que ainda tentou protegê-la. "A gente estava indo na firma da minha filha. Quando nós passamos, a rua estava tranquila. Foi tudo muito de repente. A minha neta caiu, começou muito tiro, quando puxei ela caiu, eu me machuquei ainda, me joguei para proteger ela, que tá grávida. Eu só vi um furo no braço dela e gritei para eles me ajudarem a trazer. Perdi minha neta e meu bisneto", disse a avó, chorando. 

Em nota, a assessoria da Secretaria de Estado de Polícia Militar confirmou que PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Lins encontraram uma mulher baleada após uma troca de tiros da PM com criminosos, no local conhecido como Beco da Catorze. Sobre a ocorrência, acrescentou: “buscas foram realizadas na região e os agentes apreenderam um carregador de fuzil, munições de calibre 9mm e drogas ainda não contabilizadas”.

A Polícia Civil afirma que irá apurar o caso e identificar de onde partiu a bala que matou Kethlen.

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) também irá instaurar um procedimento paralelo para o caso.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.