Últimas

‘Pensei que fosse morrer ou ser estuprada’, diz lojista após ser assaltada em Manaus

Manaus – Uma lojista de 43 anos, que preferiu não ter a identidade revelada, foi vítima de assalto três vezes em menos de um mês.
 
Foto: Divulgação/ BLITZ AMAZÔNICO

O último caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (28) quando homens armados invadiram a linha 852 do transporte executivo, em plena avenida Max Teixeira, bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus.

Ela relatou ao Portal Tucumã que os três homens estavam com armas de fogo e facas, o grupo determinou que o motorista desviasse o caminho do micro-ônibus em direção da avenida Santos Dumont, no bairro Tarumã, zona Oeste da capital.

“Nós estávamos a caminho do trabalho. Um rapaz pediu para descer, mas no momento que ele desceu, os três rapazes desceram no micro-ônibus. Um sentou do meu lado, já tirou a faca e anunciou o assalto. Levou o celular do meu filho e a quantia em dinheiro”, disse.

A lojista ressaltou que foi assediada por um dos assaltantes e, neste momento, entrou em desespero.

“Pensei que fosse morrer ou ser estuprada. Ficou acariciando meus seios. Comecei a chorar, deu um tapa no meu rosto e ainda me chamou de vagabunda”, contou.

O trio fugiu com objetos pessoas e a renda do transporte executivo, mas não deixaram nenhuma pista do paradeiro deles.

As vítimas do assalto registraram Boletim de Ocorrência (B.O) no 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Fonte: Tucumã

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.