Últimas

Pescadora é a primeira vacinada em mutirão contra Covid-19 no município de Manacapuru

Quatro dias após enterrar o tio, vítima de Covid-19, a pescadora Rosete Martins, de 33 anos, encontrou um suspiro de esperança em meio à dor. Foi ela a primeira pessoa a ser vacinada na grande mobilização da campanha Vacina Amazonas, realizada pelo Governo do Amazonas, neste sábado (19/06), no município de Manacapuru (distante 68 quilômetros de Manaus).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A ação, que ocorre simultaneamente também no município de Novo Airão (a 115 quilômetros da capital), tem como objetivo imunizar toda a população acima dos 30 anos de idade sem comorbidades nas duas localidades. O projeto irá contemplar ainda outros municípios do interior, como Parintins, que receberá o mutirão no dia 26 deste mês.

Rosete era a primeira da fila que se formava na quadra do Sesc Centro de Atividades Fausto Ventura, um dos três postos montados em Manacapuru para atender a população durante o mutirão deste fim de semana. Ansiosa, a pescadora diz que se sente feliz em se imunizar contra a Covid-19, principalmente por garantir assim mais segurança para a família.

“Estou muito feliz porque eu me vacinando eu consigo prevenir meu pai e minha mãe que já estão em uma certa idade e eu tenho que cuidar da minha saúde e da saúde deles, que já estão idosos”, disse.

Estrutura – Além dos três postos de vacinação montados especialmente para a ação deste final de semana, o Governo do Amazonas, em parceria com a prefeitura de Manacapuru, disponibilizou um total de 17 pontos de vacinação no município. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), foram disponibilizadas 8.560 doses da vacina AstraZeneca/FioCruz.

A ação ocorre entre 8h e 17h. O público que comparecer aos locais de vacinação deve levar documento pessoal original com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia).

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.