Últimas

Presidente da Aleam apresenta PL para alertar sobre Depressão Infanto-Juvenil

A depressão infantil afeta a criança em todas as áreas de sua vida, incluindo a fase escolar. Diante dessa afirmativa, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Roberto Cidade (PV), apresentou o Projeto de Lei n. 306/2021 que institui a Semana de Conscientização sobre o tema no Estado do Amazonas.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

De acordo com o PL, os casos de crianças com problemas emocionais vêm crescendo ao longo do tempo. Na justificativa, o deputado apresenta dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), os quais apontam que no mundo, a depressão entre crianças entre seis a onze anos de idade saltou de 4,5% para 8% na última década. O crescimento alarmante leva à outro problema: o aumento da automutilação e de suicídio

“É necessário que o Estado abrace essa causa. Abordar esse tema junto aos professores e a comunidade possibilitará que uma possível depressão seja identificada ainda na fase inicial e assim, possamos evitar que nossas crianças e adolescentes cometam algo pior contra sua própria vida”, pontuou Cidade.

Informações da Secretaria de Gestão de Trabalho e de Educação do Ministério da Saúde revelam que, o suicídio é segunda principal causa de morte entre jovens brasileiros de 15 a 24 anos de idade.

Semana de Conscientização

De acordo com o PL durante a Semana de Conscientização da Depressão Infanto-Juvenil serão realizadas, nas Escolas da rede pública, palestras, seminários, oficinas, debates e outras formas de conscientização dos jovens no ambiente escolar, bem como, a garantia de suporte dos sintomas da doença por uma rede especializada de saúde em tratamento individualizado e o acompanhamento psicológico adequado.

A semana será realizada, anualmente, na primeira semana do mês de Outubro e terá sua metodologia definida pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino do Amazonas (SEDUC). O projeto de Lei está em tramitação na Assembleia Legislativa do Amazonas.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.