Últimas

Secretaria de Cultura e Economia Criativa e gestores municipais realizam reunião para instituir Fórum Estadual de Cultura

Na tarde de terça-feira (08/06), foi realizado encontro para instituição do Fórum Estadual dos Secretários e Coordenadores de Cultura, que vai reunir gestores dos municípios do Amazonas com o objetivo de articular, debater e municipalizar políticas públicas culturais voltadas ao estado do Amazonas. A reunião foi realizada de forma híbrida, presencial e on-line.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“A ideia do Fórum é que possamos debater e trazer, juntos, pautas que favoreçam o coletivo, definir um calendário de ações para os municípios, otimizar os projetos que possam atender todas as regiões, assim como debater pontos sobre os editais estaduais e nacionais, incluindo ou excluindo tópicos que ajudem a todos”, explica o titular de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.

“Este Fórum também vai trabalhar para ampliar o mapeamento e cadastro cultural de nosso setor, além de contribuir para a implantação de sistemas municipais de cultura e ações formativas, como oficinas e cursos”, afirma o secretário.

Participaram da reunião gestores de cultura dos municípios de Anamã, Borba, Boa Vista dos Ramos, Boca do Acre, Canutama, Careiro, Fonte Boa, Humaitá, Iranduba, Itacoatiara, Itapiranga, Jutaí, Manacapuru, Maraã, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Parintins, Pauini, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, Sebastião do Uatumã, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Içá, Silves, Tabatinga, Tefé, Urucurituba e Urucará.

O Fórum será composto por um presidente e por vice-presidentes que ainda serão definidos em uma eleição. As reuniões serão realizadas a cada dois meses, sendo a próxima em agosto.

“Estamos implementando algo que a longo prazo trará grandes resultados. Temos muitas demandas, e com a maturação desse diálogo, vamos conseguir pleitear pautas em nível nacional e em nível de estado. Agradeço a presença de todos os gestores que participaram desta primeira reunião”, declara o secretário Marcos Apolo Muniz.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.