Últimas

Três são presos e serrarias clandestinas são fechadas no Amazonas

Três homens foram presos, nesta quinta-feira (10), em flagrante, por crimes ambientais em Manacapuru. Os policiais ainda apreenderam 71 metros cúbicos de madeira serrada de variados tipos, arma de fogo e munições.


Durante o patrulhamento do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), os policiais ambientais localizaram três serrarias em funcionamento clandestino, que tiveram suas atividades encerradas, por não apresentarem durante a abordagem, a documentação do órgão ambiental competente para efetivo funcionamento.

Durante a ação, foram apreendidos cerca de 71 metros cúbicos de madeiras serradas diversas, além de uma bancada de serrar madeira, um amolador, 13 lâminas de serra circular e um motor de amolar esmeril. Com base nos fatos constatados, três indivíduos e o material apreendido, avaliado em R$ 250 mil, foram encaminhados à delegacia de Manacapuru.

Em outra ação fiscalizatória, por volta das 10h30, no Km 19 da rodovia AM-352 (Manaus-Novo Airão), ramal Nova Conquista, os militares flagraram um foco de desmatamento em uma área de mata fechada. Durante a abordagem, a equipe constatou a presença de algumas pessoas, que fugiram ao notar a aproximação da guarnição.

Durante buscas, foram localizados e apreendidos, abandonados pelos suspeitos no local, uma arma de fogo tipo rifle calibre .22, MAG SCH/CBC; um carregador de mesmo calibre; uma luneta CBC; oito munições calibre .22 intactas; quatro munições calibre .20 deflagradas; cinco munições calibre .20 intactas; seis projéteis tipo balotes; e uma máquina motosserra marca Stihl MS170.

Todo o material apreendido foi encaminhado à delegacia da cidade para os procedimentos de polícia judiciária. O material foi avaliado em torno de R$ 7 mil.

A Polícia Militar orienta à população que, ao tomar conhecimento de ações criminosas, informe imediatamente por meio do disque-denúncia 181, ou do 190.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.