Últimas

Ações de combate à Covid-19 são apresentadas na 7ª Assembleia Ordinária

Atendendo solicitação do Conselho Municipal de Saúde (CMS/Manaus), a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), apresentou, na manhã desta quarta-feira, 28/7, informações sobre as medidas executadas no combate à pandemia do novo coronavírus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A apresentação ocorreu durante a 7ª Assembleia Geral Ordinária do CMS, realizada no auditório do Complexo de Saúde Oeste, com a participação de conselheiros representantes de gestores, trabalhadores e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Um dos temas abordados foi a campanha de vacinação contra a Covid-19, iniciada em janeiro, e que já registra mais de 1,5 milhão de doses aplicadas, atingindo a faixa etária a partir dos 18 anos de idade.

De acordo com a conselheira e diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae), da Semsa, Marinélia Ferreira, a campanha tem avançado da melhor forma possível na imunização da população de Manaus, principalmente pelo empenho dos trabalhadores de saúde e a participação da população.

“Apesar de ser um momento mais tranquilo, no que se refere ao andamento da vacinação, a população deve ficar atenta para completar o esquema vacinal com a segunda dose. E quem não se vacinou ainda deve procurar um posto de atendimento. Nessa questão, a atuação dos conselheiros de saúde é estratégica na divulgação e visibilidade das ações”, afirmou Marinélia.

Além do relatório da campanha de imunização contra a Covid-19, gestores da Semsa apresentaram as ações de Atenção em Saúde, com o atendimento nas unidades de saúde, no apoio e diagnóstico, na Rede Atenção Psicossocial e no cuidado à Pessoa com Deficiência (PcD).

A conselheira e diretora do Departamento de Atenção Primária (DAP), Sonja Farias, reforçou a informação de que as Unidades Básicas de Saúde (UBS) continuam o atendimento aos pacientes com síndrome gripal.

“As unidades de saúde seguem dois fluxos de atendimento, um para atender os serviços de rotina e agendamentos, e outro para a demanda espontânea, que atende as pessoas com sintomas de síndrome gripal, que pode ser Covid-19. O profissional de saúde faz a avaliação do paciente, notifica os casos suspeitos, encaminha para a realização dos exames e, a partir daí, a Semsa inicia o monitoramento de pacientes e dos contatos familiares quando necessário”, informou Sonja.

Para o presidente do CMS/Manaus, conselheiro Jorge Carneiro, é essencial a apresentação das ações e de informações atualizadas da pandemia para os conselheiros de saúde. “Os conselheiros, como formadores de opinião, atuam como multiplicadores de informações junto à população. Com maior conhecimento sobre as ações executadas pela Semsa, os conselheiros podem ajudar até mesmo a evitar a circulação de mensagens falsas sobre a pandemia, orientando as pessoas de forma mais correta”, afirmou Jorge.

Formação

Na 7ª Assembleia Ordinária do CMS, também houve apresentação e aprovação do projeto de Laboratório de Inovação e Educação Permanente em Saúde (Lieps), elaborado pela equipe da Escola de Saúde Pública (Esap), e que será realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES/AM), para formação e desenvolvimento dos servidores.

A apresentação foi realizada pela diretora-executiva da Esap, Ana Lúcia Raman, que explicou que o objetivo do projeto é subsidiar a produção de material didático-pedagógico e de tecnologias educacionais que atendam às necessidades de formação de profissionais e conselheiros de saúde, integrando o processo de trabalho na Rede de Atenção à Saúde do Amazonas.

“O projeto pretende agregar a necessidade de capacitação dos servidores das secretarias municipal e estadual de saúde para melhor produção do cuidado qualificado para a população, de forma articulada no processo de trabalho. Agora, com a aprovação pelo CMS/Manaus, será possível continuar o processo de implantação do projeto, com ajustes na questão orçamentária e esperamos que a partir de setembro já sejam iniciadas as reuniões preliminares, com finalização do projeto prevista para dezembro de 2022”, informou Ana Raman.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.