Últimas

Assaltante de fábrica de joias invade casa e é morto com 8 tiros em Manaus; veja foto

 Um homem, até o momento não identificado, foi morto com cerca de 8 tiros disparados por um policial militar que fazia bico como segurança de uma fábrica de joias em Manaus. O homem é suspeito de ter invadido o local para assaltar, mas acabou sendo executado quando fugiu do policial pelo Beco São José, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus.

De acordo com policiais que atenderam a ocorrência, o colega de farda atuava no local quando o suspeito chegou com um comparsa e anunciou o assalto. “Houve uma troca de tiros entre os dois seguranças, que são PMs e um comparsa fugiu. Já esse outro, invadiu a casa de uma mulher, fez ela de refém e por isso foi morto”, disse uma fonte policial que não quis se identificar.

Testemunhas disseram que momentos antes dos disparos, ouviram o suspeito implorar pela vida. “Ele pedia por favor para não matarem ele. Depois só ouvi os tiros”, disse um morador do local.

Policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) disseram que um dos seguranças da fábrica de joias, que também é PM, foi baleado durante a perseguição pelos suspeitos. Ele foi levado a uma unidade de saúde da capital.

Após o caso, policiais bloquearam a entrada do Beco São José para evitar que curiosos se aproximassem do local.

Equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) foram acionadas para investigar o caso e o corpo da vítima será levado ao Instituto Médico Legal (IML) onde será reconhecido por familiares. O outro comparsa conseguiu fugir.

A reportagem não conseguiu contato com a dona da casa que o suspeito invadiu para saber detalhes sobre quem teria sido feito refém. O Portal do Holanda aguarda posicionamento da Cúpula da Segurança Pública do Amazonas sobre a atuação dos policiais que atuavam como segurança do local.



Inicialmente o Portal do Holanda publicou que a vítima havia sido morta com 15 disparos, no entanto, a perícia confirmou, posteriormente, 8 disparos, que atingiram cabeça, pescoço braço e pernas da vítima feitos com calibre 9 mm. A informação foi corrigida às 16h15.

Fonte: Portal do Holanda

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.