Últimas

Coordenadoria de Proteção ao Policial já atendeu mais de 200 policiais com serviços jurídicos

Mais de 250 servidores do Sistema de Segurança Pública do Amazonas foram atendidos por meio da Coordenadoria de Proteção ao Policial em Atividade (CPPA), no Amazonas. Serviço pioneiro no Brasil na assistência ao servidor público, a coordenação atende os procedimentos de policiais militares, civis, bombeiros, agentes prisionais e Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM). O serviço tem como objetivo assegurar os direitos em processos administrativos e criminais.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Atualmente, 135 policiais usufruem da parceria entre a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) e a Defensoria Pública do Estado. A coordenação possui oito advogados que ficam, à disposição, 24 horas para defenderem os servidores gratuitamente. Em quase dois anos de atuação, a CPPA vem fortalecendo a categoria e o engrandecimento das instituições do setor da Segurança.

Mesmo com a pandemia, o chefe do departamento da SSP-AM, delegado André Sena, ressalta que os atendimentos não pararam. “Nesses um ano e meio de atuação efetiva, nós tivemos uma pandemia, mas não paramos, continuamos trabalhando em um sistema de revezamento de plantão e nunca deixamos de oferecer suporte ao policial”, ressaltou.

O interior também é prioridade no serviço de assistência jurídica. “Atendemos tanto a capital como o interior. Inclusive, tivemos duas audiências recentemente, em Tefé e Autazes, regiões opostas do estado. Sempre que o policial precisar de um advogado, nós estaremos lá”, enfatizou.

O atendimento ao serviço pode ser feito por meio do telefone (92) 99194-7178, que funciona 24 horas por dia. Nele o agente também pode ligar e solicitar os serviços. Outra forma de fazer o pedido é pelo e-mail cppa@ssp.am.gov.br.

Caso necessário, o advogado vai ao local para realizar o atendimento, seja na capital ou interior. Em municípios que possuem Defensoria Pública, o defensor público é deslocado para a prestação do serviço.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.