Últimas

Fontenelle se diz injustiçada e culpa Juliette por estar sendo investigada

A atriz Antônia Fontenelle desabafou após saber da abertura de uma investigação da Polícia Civil contra ela devido a fala xenofóbica contra o DJ Ivis.



No Youtube, Fontenelle disse que está sendo injustiçada. “Eu não vou citar o nome do delegado aqui porque presente a gente só dá no Natal e no aniversário e hoje não é nenhum dos dois. Esse delegado da Polícia Civil de João Pessoa instaurou um inquérito policial para apurar um possível crime de racismo praticado por mim. Eu não cometi crime nenhum. Isso tá mais que óbvio. É uma covardia o que estão fazendo comigo desde que eu usei a palavra 'paraíba' para o DJ Ivis, agressor de mulher. Isso graças à campeã do'BBB’”, disse se referindo a Juliette, que a criticou devido a fala preconceituosa.

“Faço barulho no Brasil inteiro. Sou respeitada no Rio de Janeiro. Políticos entram na minha casa pedindo voto. E não estou falando de vereador não, hein?! O senhor, que estudou pra isso, deveria saber o significado da palavra 'xenofobia'. Se o jogador Hulk Paraíba pode ser chamado de Paraíba e o DJ paraibano não pode ser chamada de 'paraíba'... O Hulk não tem o nome de 'Paraíba' na certidão de nascimento”.

“Quando estou errada, eu vou lá e faço [pedir desculpas]. Mas não venham tentar fazer política com o meu nome que eu não vou permitir. Pra me apontar o dedo vai ter que ter currículo ilibado. Não sabe o que é? Dá um Google. Vocês não estão falando de uma loirinha nutella, não. Tá falando com uma nordestina raiz. Não vou pedir perdão de um crime que não cometi. Não esperem isso de mim”, completou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.