Últimas

Kelly Clarkson é condenada a pagar pensão de R$ 1 milhão por mês ao ex-marido

A cantora e técnica do "The Voice USA", Kelly Clarkson, terá de desembolsar, por mês, nada menos que 200 mil dólares (equivalente a R$ 1 milhão no câmbio atual) de pensão alimentícia para o ex-marido, Brandon Blackstock, com quem foi casada por quase 7 anos. 



A decisão é de um da corte de Los Angeles. Segundo o site The Blast, além do valor mensal, ela terá que arcar com os advogados do ex, cujo valor ultrapassa R$ 6 milhões.

Como para muitos casais, a separação veio durante a pandemia, em 2020. Segundo relatos de amigos do agora ex-casal, o isolamento fez Kelly perceber que o divórcio era a sua única opção. O casal já vinha enfrentando uma crise há meses.

Na Califórnia, o cônjuge que possui maior renda deve pagar um maior valor ao outro pela metade do tempo em que ficaram juntos. Clarkson, segundo o ex-marido, recebia mais de R$ 8 milhões por mês de renda.

Clarkson e Blackstock noivaram quando estavam com apenas 10 meses de namoro, em dezembro de 2012, e o casamento aconteceu no ano seguinte. Os dois têm juntos os filhos River Rose, de 7 anos, e Remington Alexander, de 5. O casal alegou “diferenças irreconciliáveis” ao se separar.

No processo, o ex-marido afirma que precisou mudar de vida devido o divórcio e se tornou um fazendeiro em tempo integral.

A briga, entretanto, pode demorar muitos anos. Kelly Clarkson acusa o ex-marido, em uma ação protocolada no final de 2020, de cometer uma fraude milionária em suas contas enquanto ele trabalhava como seu gerente pessoal.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.