Últimas

Prefeito David Almeida acompanha imunização contra a Covid-19 e enfatiza Dia 'D' de vacinação contra a gripe

O prefeito de Manaus, David Almeida, acompanhou, nesta sexta-feira, 9/7, no Studio 5 Centro de Convenções, a vacinação contra a Covid-19 e destacou a importância de os jovens acima dos 20 anos se vacinarem em um dos 19 postos de imunização da cidade.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O prefeito também convocou a população a se vacinar contra a Influenza (gripe), neste sábado, 10/7, no Dia “D” de vacinação, quando a Prefeitura de Manaus terá 422 postos distribuídos por toda a cidade funcionando das 8h às 16h, exclusivamente para grupos prioritários.

"É uma alegria ver essa juventude toda aqui. Manaus avança na vacinação contra a Covid-19, e eu quero fazer um apelo: você que está em casa, venha para um dos nossos 19 pontos de vacinação, funcionando até às 18h. No sábado, dia 10, não tem vacinação contra a Covid-19, porque é o Dia ‘D’ da vacinação contra a Influenza para os grupos prioritários, então venha vacinar, e quem não está no público-alvo divulgue essas informações, nos ajude", enfatizou David Almeida.

A meta é vacinar contra a Covid-19 cerca de 30 mil pessoas nesta sexta-feira, nos 19 postos de imunização, por todas as zonas de Manaus, quantidade ampliada para que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) consiga alcançar a maior quantidade de pessoas possível, de maneira célere e eficaz, aproximando a capital da vacinação geral.

"Ações como essas são muito importantes para que nós venhamos a imunizar toda a população acima dos 18 anos. Até a próxima semana, já teremos alcançado esse objetivo. Lembrando que sábado e domingo não tem vacinação contra a Covid-19, mas retornamos na segunda-feira nessa batalha", explicou Almeida.

O chefe do Executivo municipal destacou, ainda, que todas as marcas de vacina são importantes e eficazes e que a população não deve se preocupar em escolher, mas sim tomar a vacina. "A melhor vacina é a que está no seu braço, não escolha a marca, escolha a vacinação", concluiu o prefeito.

Dia D

O Dia “D” tem como objetivo aumentar a cobertura da campanha, cuja meta é imunizar 90% do público-alvo dos 17 grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde (MS), como gestantes e puérperas, crianças de seis meses a menores de seis anos; povos indígenas; idosos com 60 anos ou mais; professores das escolas públicas e privadas; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiências permanentes; caminhoneiros; trabalhadores do transporte coletivo; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema prisional; população privada de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas.

Para receber a vacina contra a gripe, é preciso apresentar a carteira de vacinação, um documento de identificação original, com foto, contracheque ou a carteira de trabalho, que comprove o vínculo empregatício (no caso dos professores, dos trabalhadores do transporte coletivo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas e funcionários do sistema prisional). Os caminhoneiros devem levar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria D ou E.

A população não incluída nos grupos prioritários poderá procurar as unidades de vacinação contra a Influenza a partir desta segunda-feira, 12/7, apresentando como documentação a carteira de vacinação e documento com foto.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.