Últimas

Recomeço: Auxílio Estadual impulsiona retomada econômica de profissionais do esporte, turismo e cultura

Aos 20 anos, o sonho do estudante de Música Nícolas Pereira é fazer parte de grandes orquestras e viver do instrumento que ele domina: o violino. O artista, que faz parte de uma das categorias que mais sofreu impactos econômicos causados pela pandemia de Covid-19, é um dos cidadãos ajudados pelo Governo do Amazonas por meio do Auxílio Estadual, benefício no valor de R$ 600 destinado a profissionais da Cultura, Turismo e Esporte, que ainda enfrentam dificuldades de recuperação econômica.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Nícolas, que já foi aluno do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro e atualmente estuda Música com Bacharelado em Violino na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), compareceu, nesta terça-feira (13/07), ao Centro de Convenções Vasco Vasques. No local, o governador Wilson Lima começou a entregar o benefício.

O artista comemorou o recebimento do cartão. “É muito incrível, em uma situação tão difícil em que nós tivemos que parar nosso trabalho, que é trabalhar com evento e em apresentações. Por mais de um ano nós tivemos que parar e isso afetou economicamente muito forte a nossa vida. Isso (o Auxílio) vai dar uma ajuda para desafogar, em algum momento em que nós estivermos precisando, vai ser incrível para nossa vida”, comentou.

“Eu sou muito agradecido ao Governo do Estado, que tem olhado pela cultura, que está ajudando muito aos músicos e artistas em geral”, acrescentou Nícolas.

Durante a solenidade que marcou a entrega dos primeiros cartões, o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, destacou os esforços do Estado para que o benefício alcance, também, os artistas do interior.

“Dois terços do recurso do Auxílio Estadual estão indo para 38 municípios do interior. A gente espera, dessa forma, continuar promovendo essa retomada da economia da cultura, tão importante para a economia do estado, tão importante para a geração de trabalho e para a qualidade de vida das pessoas”, destacou Muniz.

Na área da Cultura, o benefício alcança trabalhadores que prestam serviços artísticos e culturais. Neste primeiro lote de pagamento do auxílio serão beneficiadas 246 pessoas, totalizando R$ 147.600,00

Esporte – Por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), 589 profissionais, entre atletas, paratletas e professores de educação física, foram considerados elegíveis para receber o auxílio. O investimento nessa primeira fase será de R$ 353.400,00.

Um deles foi o professor de jiu-jítsu Halen Mendonça, que ensina a arte marcial para crianças. “A pandemia afetou muito, não só a mim, mas para muitos atletas e professores, nós sobrevivemos do jiu-jítsu, a gente tem que dar aula para sobreviver, ganhar aquele dinheiro todo mês. Estávamos sem recurso e não tinha para onde correr. Esse auxílio chegou em boa hora, vou usar para comprar equipamentos e alimentação”, pontuou Mendonça.

Turismo – A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) credenciou, ao todo, 307 profissionais para receber o benefício nesta primeira etapa, com o valor total de R$ 184.200,00. Inicialmente serão beneficiados piloteiros e guias de turismo.

O guia de turismo Jairo Félix, que atua na profissão há 20 anos, conta que durante mais de um ano precisou lidar com um mercado de trabalho interrompido pelo coronavírus.

“A pandemia afetou bastante a nossa profissão, nós que somos autônomos, no guiamento de turismo. O turismo no mundo inteiro foi afetado pela Covid-19, e nesse momento a gente vem aqui agradecer ao Governo do Estado por ter nos concedido esse auxílio, que chega em um bom momento para o complemento da renda de muitas famílias que foram afetadas pela pandemia de Covid-19”, comemorou Jairo.

“É uma alegria estar realizando nesse momento a entrega desse Auxílio Estadual. O Turismo foi uma atividade severamente impactada com a pandemia, e a gente conversa muito que nós precisamos dar suporte para todos esses profissionais. Entendemos que o estado do Amazonas tem uma vocação natural para o turismo e que, depois de toda tempestade, vem a bonança. A gente acredita muito no fortalecimento do turismo”, comentou o presidente da Amazonastur, Sérgio Litaiff Filho.

Auxílio Estadual – Inicialmente, 1.142 profissionais que tiveram os cadastros aprovados serão beneficiados com um montante de recursos de R$ 685.200,00.

O valor será pago em três parcelas de R$ 200 mensais para cada beneficiado. Os benefícios estão previstos em leis de autoria do Executivo que foram aprovadas pelos deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Os profissionais de cada setor tiveram que obedecer a critérios específicos para ter direito ao auxílio. O benefício foi anunciado em abril, e desde então os órgãos do estado envolvidos atuam no cadastramento e avaliação da documentação apresentada pelos profissionais interessados do auxílio.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.