Últimas

Resultado do Socialismo: Cortes de internet mostram tensão em Cuba para silenciar população

Mundo – Havana amanheceu com um importante esquema de segurança —milhares de policiais posicionados nos bairros mais conflituosos, lojas de moeda livremente conversível fechadas, restrições de acesso e ruas bloqueadas— nas áreas mais quentes dos protestos ocorridos no domingo, especialmente em Centro Habana e Habana Vieja, onde milhares de cubanos tomaram as ruas na maior manifestação contra o Governo desde os anos noventa. Essa expressão de descontentamento foi algo sem precedentes e um verdadeiro choque político para o Governo cubano, que reagiu acusando os Estados Unidos de encorajar o descontentamento.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Por conta e risco do regime cubano, o acesso à internet foi bloqueado e há cortes nas linhas telefônicas, o que torna a ilha caribenha isolada e incomunicável após a onda de protestos que surpreendeu o governo.

Em alguns lugares houve saques de lojas de moeda livremente conversível, cuja inauguração há pouco mais de um ano provocou descontentamento e críticas de muitos cubanos que não têm acesso a essas divisas. Houve também confrontos com policiais e pedradas, gritos de “liberdade” e “abaixo a ditadura” e até mesmo veículos da polícia virados durante o protesto, algo absolutamente inusitado na ilha.

Não há um número oficial de detidos, mas, aparentemente, durante a manifestação no Parque de la Fraternidad, perto do Capitólio Nacional, podem ter sido centenas.

Fonte: El País

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.