Últimas

Roberto Dias fechou contrato 1.800% mais caro do que recomendado pelo MS

Documentos obtidos pela Rede Globo, mostram que o ex-diretor Departamento de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias, fechou contrato com a empresa  VTCLOG, aceitando pagar um valor de serviço de 1.800% mais caro que o recomendado pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a reportagem, o contrato com a empresa, que faz recebimento e organização de medicamentos, previa o pagamento de R$ 485 milhões até 2023. A  VTCLOG e o Ministério da Saúde já divergiam, em 2019, sobre valores, e os pagamentos chegaram a ser suspensos, mas com a gestão de Dias, o impasse foi resolvido após ser aceita a contraproposta da empresa, que sugeriu um acordo de pagamento de R$ 18 milhões, 60% a menos do que a empresa queria inicialmente, mas ainda assim 1.800% a mais do que defendia o próprio ministério.

Ainda segundo apuração do Jornal Nacional, atualmente, a  VTCLOG está pedindo mais uma atualização do valor, pelos serviços prestados ao longo deste ano, e apresentou uma fatura de R$ 22 milhões.

Diante dos fatos, Roberto Dias deverá explicar a CPI da Covid, se no contrato, houve favorecimento, e a diretora da empresa,  Andreia Lima, será chamada para depor.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.