Últimas

UNICEF e Instituto Peabiru promovem oficina de produção audiovisual em Belém e Manaus

Belém, 13 de julho de 2020 – O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com o Instituto Peabiru, realiza oficinas de produção audiovisual para os adolescentes e jovens do projeto Te Sai Covid, em Belém e Manaus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As formações ocorrem presencialmente, respeitando as medidas de segurança recomendadas. O objetivo da oficina é oferecer aos participantes noções básicas para produção de vídeos com celulares a fim de apoiá-los na criação de conteúdo para prevenção à Covid-19.

“Na iniciativa, os adolescentes e jovens podem atuar como agentes de mobilização e mudança no enfrentamento da pandemia nos municípios selecionados auxiliando em mudanças de comportamentos de hábitos básicos de higiene e proteção contra o novo coronavírus que também serão fortalecidas por meio dessas capacitações”, acrescenta Ida Pietricovsky, Especialista em Comunicação do UNICEF Brasil.

Desde fevereiro de 2021, adolescentes e jovens participam de vários encontros virtuais visando sensibilizá-los para a importância das medidas de prevenção. Agora, os participantes avançam para um novo ciclo, no qual são apresentados a eles, de forma prática, recursos e estratégias de comunicação. “Vamos prepará-los para que atuem como multiplicadores em suas comunidades e redes de contatos, a partir dos materiais que muitos já têm em suas mãos, como o celular. Assim, eles possam incentivar e engajar mais pessoas para a mudança de comportamento frente à Covid-19”, declara Cláudio Melo, gerente de projetos do Instituto Peabiru.

Para garantir a participação dos adolescentes e jovens a iniciativa conta com a parceria de grupos locais, como é o caso da Associação de Moradores da Vila da Barca, que cedeu o espaço para a realização da oficina, em Belém, nesta quarta-feira, dia 13, às 15h, e ainda ajuda na mobilização dos participantes. Segundo presidente da entidade, Inês Medeiros, desde o início do projeto, as mudanças de comportamento de quem participa foram evidentes. “Nós conseguimos observar que depois dos encontros, muitos passaram a adotar o uso de máscara, por exemplo. Eles relatam que lavam com mais frequência as mãos e repassam as informações a seus familiares”, declara a mobilizadora.

A oficina será conduzida pelo jornalista e pós-graduado em Produção Audiovisual, Tiago Júlio Martins. A expectativa, segundo o jornalista, é que o momento seja de experimentação para os meninos e meninas participantes. “Vamos priorizar a prática, com dicas de filmagem, aplicativos de edição, produção de texto e como se colocar diante da câmera. Tarefas que os participantes poderão executar e treinar na hora”, garante o oficineiro.

Em Manaus, a oficina será ministrada pelo publicitário e técnico em Audiovisual, Diego Araújo, parceiro do projeto no primeiro ciclo, na Associação Educacional Voz Ativa, no sabádo, dia 17, às 9h. Para o coordenador do espaço que receberá a atividade, Girleno Menezes, iniciativas como a oficina audiovisual estimulam a curiosidade desses jovens em aprender uma nova habilidade e permitem o aprimoramento profissional deles. “A primeira experiência do Te Sai Covid serviu para implantar o modelo e, no segundo ciclo, a ideia é aprimorar o processo com a chegada desses novos municípios. A oficina audiovisual, por exemplo, é uma oportunidade a mais para que os jovens possam progredir”, disse.

Te Sai Covid

A iniciativa foi executada de forma pioneira entre os meses de fevereiro e maio de 2021, em três municípios amazônicos: Manaus (AM), Belém (PA) e Gurupá (PA). Desde junho, o projeto foi estendido aos municípios do Amazonas (Autazes, Barreirinha, Careiro da Várzea, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Manaus, Novo Airão, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva) e Pará ( Alenquer, Almeirim, Belém, Curuá, Faro, Gurupá, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Santarém e Terra Santa). A iniciativa é realizado pelo UNICEF, em parceria com o Instituto Peabiru, e visa mobilizar e engajar adolescentes e jovens para que sejam protagonistas no combate à Covid-19 em suas comunidades.

Em julho e agosto, outros encontros devem ocorrer de modo virtual para os 22 municípios que integram o projeto Te Sai Covid no Amazonas e Pará. Até o momento, já estão inscritos, na segunda edição do projeto, aproximadamente 80 pessoas dos municípios selecionados. As inscrições seguem abertas aos interessados e podem ser feitas até o dia 23 de julho, por meio do link: https://forms.gle/thoeLKxRK7yJZ98B8

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.