Últimas

Vacinas AstraZeneca e Pfizer são eficientes contra variante delta após 2ª dose

Os imunizantes AstraZeneca e Pfizer conseguem neutralizar bem a nova variante delta do covid-19, mas somente após a segunda dose aplicada em três meses, explica um estudo francês. 



De acordo com O Globo, a variante é mais habilidosa em driblar o sistema imune das pessoas e já circula no Brasil.

Os cientistas do Instituto Pasteur, da França, avaliaram o desempenho do vírus contra anticorpos de 162 pessoas que haviam tomado a vacina no intervalo regular de 3 meses entre cada dose.

O experimento desafiou quatro linhagens diferentes do vírus contra soro sanguíneo de indivíduos com histórico de infecção ou já vacinados, com uma ou duas doses.

Os anticorpos das vacinas tiveram desempenho consistente, mas só aqueles que estavam no soro sanguíneo das pessoas que tinham tomado a segunda dose.

Enquanto apenas 10% das amostras de primeira dose foram capazes de neutralizar o vírus delta, uma parcela de 95% das amostras de pessoas com segunda dose obteve sucesso.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.