Últimas

Audiência pública discute mobilidade urbana em Manaus

Audiência pública realizada, nesta quinta-feira, 5/8, pela Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), discutiu o planejamento da mobilidade urbana para a cidade nos próximos quatro anos.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A abertura da audiência on-line foi feita pelo diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique Martins, que destacou a importância do evento. “O Plano Plurianual é um plano para quatro anos e um detalhamento para os orçamentos. Esta audiência visa apresentar o que está sendo programado e ainda dar oportunidade para os participantes apresentarem propostas a serem incorporadas ao plano”, explicou.


A apresentação do plano ficou a cargo do diretor de Engenharia do IMMU, Uarodi Guedes, que abordou temas como execução de projetos voltados ao transporte público, como entrega de estações de transferência do transporte público, além de projetos de educação e orientação ao trânsito na capital.

Entre os dados apresentados foi destacado o fato de Manaus registrar uma frota total de 839.133 veículos e possuir 15 mil vias.

Quanto às ações já realizadas, Guedes citou a elaboração de plano operacional de eventos e intervenções viárias; levantamento e controle de abrigos, plataformas e terminais de bairro; atendimento à Pessoa com Deficiência (PcD); além de serviços prestados à população por meio do Serviço de Atendimento à Comunidade (SAC).

Na audiência, foram destacados ainda projetos de implantação voltados ao transporte, como a criação de terminais de integração, novas estações e a requalificação do terminal da Matriz.

Apenas em 2021, o IMMU já implantou 30.847 metros quadrados de sinalização horizontal, até junho.

As ações voltadas à educação também foram destacadas na audiência pública. Neste ano, o instituto realizou 17 atividades voltadas à educação, que alcançaram 4.283 pessoas nos projetos “Condutor Consciente”, “Ciclos da Vida”, “Atravesse na Faixa”, entre outros, executados na gestão do prefeito David Almeida.

Até junho deste ano, o IMMU, por meio da Diretoria de Operações, atendeu mais de oito mil ocorrências com atividades de operação, desobstrução de vias, organização do fluxo de pedestres e veículos no entorno dos locais de vacinação, entre outras.

Entre 2022 e 2025, o IMMU tem como planejamento a implantação de dispositivos auxiliares de sinalização envolvendo 26 mil balizadores e delineadores; quatro mil metros de defensas; 24 amortecedores de impacto. Outras ações envolvem ainda a implantação de sistema de semáforos inteligentes na capital.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.