Últimas

Biden nomeia novos embaixadores dos EUA na China e no Japão

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta sexta-feira (20) os nomes de suas escolhas para representar Washington na China e no Japão, dois dos principais focos da política externa do governo americano. 


A escolha para representar Biden em Pequim é Nicholas Burns, um diplomata de carreira que atualmente leciona na Universidade de Harvard, enquanto quem ficará em Pequim é Rahm Emanuel, prefeito de Chicago de 2011 a 2019. As nomeações não são definitivas e precisam ser aprovadas pelo Senado americano.

Burns foi o embaixador dos EUA na OTAN e o "número 3" no Departamento de Estado enquanto o republicano George W. Bush esteve na Presidência. Ele também serviu como embaixador na Grécia no mandato do democrata Bill Clinton. Já Emanuel também serviu por quase dois anos como chefe de gabinete do ex-presidente democrata Barack Obama. 

As duas nomeações são vitais para a política externa de Biden, que tem procurado fortalecer os laços com o Japão para combater a ascensão da China. Inclusive o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, foi o primeiro líder estrangeiro com quem o chefe de Estado americano se reuniu na Casa Branca depois de ter tomado posse, em janeiro.

Biden considera a China o maior desafio de Washington não só por causa da luta das duas potências pela supremacia mundial, mas também porque acredita que o gigante asiático viola importantes direitos humanos, uma questão que ele tornou uma pedra angular de sua política externa. 

Fonte: R7 

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.