Últimas

Brigadas de combate ao Aedes aegypti da FVS-RCP realizam ações em unidades de saúde em Manaus

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), por meio do Programa de Brigadas de combate ao Aedes aegypti, está realizando, desde o dia 4 até 19 de agosto, ações de intensificação de combate ao mosquito, que transmite dengue, zika e febre chikungunya, em unidades de saúde de Manaus. Os técnicos visitam as instituições e inspecionam para ver se tem depósitos de água parada, que podem servir de criadouros para o mosquito.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A intensificação ocorre em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa/Manaus), tendo como base o Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa), com enfoque para bairros da zona oeste da capital, onde foi identificado um maior índice de infestação do mosquito na capital do estado.

O diretor-presidente da FVS-RCP, Cristiano Fernandes, explica que esse trabalho de inspeção e orientação é essencial para prevenir casos de dengue, zika e chikungunya antes do período sazonal da doença. “Trabalhamos para que as ações de combate ao Aedes aegypti sejam realizadas de forma rotineira, evitando assim casos dessas doenças no período de maior transmissão, que ocorre entre os meses de dezembro e maio”, afirma Cristiano.

Segundo a assessora técnica do Grupo Técnico de Integração da FVS-RCP (GTI/FVS-RCP), Josielen de Amorim Soares, é necessário realizar o monitoramento de imóveis ao menos uma vez por semana para evitar criadouros. “O melhor momento para combater o mosquito é na fase aquática do vetor (larva); o que leva, em média, sete a dez dias. Por isso, é importante realizar essa checagem semanalmente”, reforça Josielen.

Ainda de acordo com a assessora técnica, é essencial o apoio da população no combate às doenças transmitidas pelo mosquito. “É importante que todos estejam engajados na luta contra o mosquito, sempre atentos e evitando o surgimento de criadouros nos imóveis. Assim teremos menos casos da doença”, salienta.

Programa – O Programa de Brigadas de combate ao Aedes aegypti foi instituído pelo Decreto Estadual nº 36.640/2016 como resposta ao enfrentamento do zika vírus. As solicitações para aderir ao programa de brigadas devem ser realizadas ao Grupo Técnico de Integração da FVS-AM (GTI/FVS-AM) pelo e-mail: gtifvs@gmail.com ou telefone (92) 3182-8505

Visitas - Entre janeiro e julho deste ano, 125 visitas foram realizadas em instituições estaduais, sendo 60 escolas e 65 órgãos de outras áreas, onde estão incluídas as unidades de saúde.
No total, a FVS-RCP realiza o monitoramento de aproximadamente mil instituições no Estado, por meio do Programa de Brigadas de combate ao Aedes aegypti.

Referência – A FVS-RCP é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.