Últimas

Covid-19: “Nova variante pode surgir em grupo de não vacinados”, alerta Secretário de Saúde ao reforçar importância da vacinação

O secretário estadual de saúde (SES-AM), médico Anoar Samad, destacou em entrevista a um veículo de comunicação local, nesta terça-feira (10/08), o avanço da imunização contra a Covid-19 no Amazonas e convidou a população a procurar os postos de vacinação para garantir a primeira ou a segunda dose do imunizante. E destacou, para esta semana, o anúncio do Governo do Estado e Prefeitura de Manaus para a vacinação da população com menos de 12 a 17 anos na capital, iniciando na sexta para o grupo com comorbidade e a partir de sábado para os sem comorbidade.

Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“Infelizmente, tem muitas pessoas que não se vacinam. O problema desses bolsões de não vacinados é surgir alguma cepa que seja resistente às vacinas aplicadas e sair desse grupo e ir para quem se vacinou. Você que não se vacinou pense nas pessoas que você ama e estão do seu lado, porque você pode ser o ‘criadouro’ de novas cepas”, afirmou Dr. Anoar Samad.

O secretário enfatizou o início da imunização de adolescentes de 12 a 17 anos, na capital e em mais onze municípios do interior do Estado que já alcançaram 80% da meta de vacinação. A vacinação de adolescentes com comorbidade começa a partir da sexta-feira (13/08) e abre no sábado (14/08) também para os demais jovens sem comorbidade. Anoar Samad ressaltou também que o Estado concentra esforços para avançar na cobertura vacinal da segunda dose.

Pandemia - O secretário de saúde reforçou a manutenção dos leitos montados para atender pacientes em tratamento da Covid-19, que ficarão como legado da pandemia, e que a rede estadual segue alerta para conversão de leitos exclusivos para doença em uma eventual mudança do cenário epidemiológico no Estado.

“Temos o equilíbrio difícil de otimizar recursos com a manutenção de leitos clínicos e de UTI e o quadro de recursos humanos preparado, porque é de uma hora para outra que o cenário epidemiológico muda. Temos que avançar na vacinação. E coordenar as outras coisas que não pararam. Acelerar cirurgias, aumentar a quantidade de exames e consultas disponíveis”, disse o médico.

As ações de descentralização dos serviços assistenciais de média e alta complexidade à população do interior do Estado, com a instalação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em municípios polos, foram destacadas pelo secretário e médico.

Cirurgias - Anoar Samad anunciou que está em tratativas para a ampliação de cirurgias eletivas por mês e da oferta de exames de imagem para ajudar a reduzir o tempo de espera na rede estadual de saúde. As cirurgias não urgentes foram suspensas em razão do novo pico da Covid-19 no Estado e do direcionamento dos esforços no enfrentamento à Covid-19.

“Já assinamos 250 cirurgias ortopédicas por mês, 125 cirurgias urológicas por mês; e estamos em tratativas para aumentar os exames de ultrassom. Daqui para dezembro esse tempo de espera vai ser reduzido. É uma promessa e desejo meu e também do governador Wilson Lima. Vamos reduzir, ao máximo, esse tempo de espera e estamos trabalhando diuturnamente para isso”, ressaltou entre as ações de reorganização administrativa da sua gestão na pasta.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.